1ª baixa do efetivo variável de 2018: o dia 12 de janeiro marcou despedida de soldados nos quarteis.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 16 jan 2018

Brasília (DF) – Após um ano de instruções, aprendizado sobre cidadania e serviço prestado ao país, aproximadamente 25 mil jovens brasileiros retornam à vida civil. Assim, a data de 12 de janeiro marcou o primeiro licenciamento do efetivo variável deste ano, que corresponde a cerca de 70% dos jovens que incorporaram por meio do alistamento militar em 2017.

O Licenciamento é uma vitória a ser comemorada com vibração e orgulho, sobretudo, porque trata-se da meritória conquista de um requisito para a cidadania plena. A conclusão do serviço militar obrigatório assinala para o jovem o cabal cumprimento de um dever cívico, que deixou um pouco de si no serviço dedicado à Pátria, mas leva, consigo, para o resto de suas vidas, todas as lições aprendidas.

Destarte, em todo o Brasil, formaturas marcaram a despedida desses soldados, ressaltando a importância do Serviço Militar, a excelência dos serviços prestados à Nação e a satisfação de dever cumprido. Além do conhecimento sobre as atividades militares, alguns ainda participaram de cursos e estágios profissionalizantes nesse período, com foco no mercado de trabalho.

Os jovens licenciados, a partir desse momento, passam a integrar o contingente de reservistas de primeira categoria, ficando em condições de serem mobilizados, caso haja necessidade, para a defesa da Pátria.



Fonte:Agência Verde-Oliva