Exército Brasileiro realiza último teste de 2017 da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal M113 BR.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 29 dez 2017

Curitiba (PR) – Neste mês de dezembro de 2017, foi realizado, no Campo de Instrução Coronel Brasilguarany Arruda (CICBA), no município de Quatro Barras (PR), o último teste do corrente ano da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP) M113 BR, contemplando um lote de 8 (oito) unidades.

Os testes têm início com a rodagem das viaturas desde as instalações do Parque Regional de Manutenção/5 (Pq R Mnt/5), no bairro do Bacacheri, em Curitiba (PR), até o CICBA. Nas instalações do Campo de Instrução, além do deslocamento no terreno, as 8 (oito) VBTP M113 BR modernizadas pelo Pq R Mnt/5 foram verificadas com relação aos parâmetros de pivotamento, estanqueidade, flutuabilidade e navegabilidade. Computando-se os trajetos de ida e volta ao Pq R Mnt/5 durante os testes, as viaturas percorreram cerca de 80 km. O último lote testado marca a finalização de 274 viaturas modernizadas desde o começo do projeto, das quais 258 já foram distribuídas para diversas Organizações Militares do Exército Brasileiro.

 

Sobre a modernização das VBTP M113 no Exército Brasileiro

O Projeto de Modernização, da VBTP M113B para a versão M113 BR, teve início em 2012, por meio de acordo internacional, via programa Foreign Military Sales (FMS) entre os Governos do Brasil e dos Estados Unidos da América, com a participação da empresa BAE Systems. A primeira medida adotada pelo Pq R Mnt/5 foi a preparação da linha de produção para que fosse modernizada a viatura protótipo; em seguida, essa viatura seguiu para o Centro de Avaliações do Exército (CAEx), onde foi submetida a diversos testes em concordância com as Normas do Exército Brasileiro (NEB), bem como algumas normas internacionais. Na sequência, produziu-se um lote-piloto, que foi apreciado e aprovado por aquele Centro.

A produção seriada foi efetivamente iniciada em 2013, com a primeira fase, correspondente ao primeiro contrato via FMS, o qual se encerrou em 2015 e foi responsável pela modernização de 150 viaturas. Hoje, está em andamento a segunda fase, relativa ao segundo contrato de mesma natureza, com previsão de encerramento em 2019, contemplando outras 236 viaturas. O possível terceiro contrato ainda se encontra em fase de estudo pelo Estado-Maior do Exército e pelo Comando Logístico.

Nesse processo de modernização, a VBTP M113 BR recebe outro conjunto de força e um reforço na suspensão, além de alterações de sistemas e componentes que permitem suportar a potência adicional de cerca de 90cv, característica técnica desejável para acompanhar a Viatura Blindada de Combate Carro de Combate (VBCCC) Leopard 1A5 BR, em uma Força-Tarefa. O Projeto conta, ainda, com modificações no Sistema de Comunicações, através da adoção do equipamento rádio FALCON III e do Intercom SOTAS.



Fonte:Pq R Mnt/5