Exército Brasileiro e Universidade de São Paulo (USP) realizam expedição inédita ao Pico da Neblina.


Publicação: Qui, 23 Nov 2017 00:30:00 -0200

São Gabriel da Cachoeira (AM) – Uma expedição científica inédita da Universidade de São Paulo (USP) e do Exército Brasileiro está  desvendando a biodiversidade da região do Pico da Neblina, o ponto mais alto do Brasil, localizado no norte do Estado do Amazonas.

Na fotografia em destaque à esquerda, o Comandante Militar da Amazônia, General de Exército Geraldo Antonio Miotto, interage e prestigia a atividade. 

A expedição está fazendo, com métodos padronizados de amostragem, um levantamento na área compreendida entre Maturacá, onde está instalada a base do Exército, e o Pico da Neblina. A atividade tem a duração de um mês e vem sendo realizada desde 29 de outubro e irá até 27 de novembro. Além disso, conta com dez pesquisadores de Unidades de Ensino e Pesquisa da Universidade e está sendo liderada pelo professor Miguel Trefaut Rodrigues.

A pesquisa, intitulada “Traços Biológicos do Passado na Biodiversidade Presente da Amazônia do Norte”, tem como principal objetivo coletar material para a compreensão das relações históricas e os contatos pretéritos entre a Amazônia e a Mata Atlântica durante os períodos glaciais e interglaciais.

Está sendo desenvolvida em três frentes – répteis e anfíbios; aves e mamíferos; e botânica – a partir da análise comparativa da morfologia, da genética e da fisiologia das espécies amostradas. Isso permitirá inferir, a partir de uma base de dados climáticos, como tais espécies se comportaram durante épocas de climas mais frios e mais quentes que as atuais. A expectativa é que o estudo ajude a explicar os motivos da megadiversidade brasileira e, como resultado, seja possível descobrir novas espécies e quantificar as já existentes na região.

O projeto faz parte do programa Biota Fapesp [Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo] “Dimensões da Biodiversidade” e tem apoio logístico e estratégico do Exército Brasileiro.


Fonte:Agencia Verde-Oliva