O Comando Militar do Sul realiza homenagem aos militares que materializaram a solidariedade do Brasil no Haiti.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 07 nov 2017

Porto Alegre (RS) – O Comando Militar do Sul (CMS) realizou, no dia 1º de novembro, uma cerimônia alusiva ao encerramento da MINUSTAH - Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti. O evento aconteceu no 3º RCG – Regimento Osorio, às 10:00, e reuniu militares dos diversos contingentes que participaram da missão. A cerimônia foi uma oportunidade de enaltecer a participação de militares brasileiros, da ativa e da reserva, que participaram de tão importante Missão de Paz.

A MINUSTAH foi criada em fevereiro 2004, pela Organização das Nações Unidas (ONU) para restabelecer a segurança e a normalidade institucional do Haiti, após sucessivos episódios de turbulência política e de violência. O Brasil comandou o componente militar da Missão (de 2004 a 2017), que teve a participação de tropas de outros 15 países.

No total, 37.500 militares das Forças Armadas brasileiras atuaram nessa Missão. Ao longo do período de atuação das Forças Armadas brasileiras, a população haitiana foi apoiada em duas catástrofes naturais que atingiram o país. Para relembrar, no dia 12 de janeiro de 2010, um terremoto causou a morte de mais de 200 mil pessoas e, em 4 de outubro de 2016, o furacão Matthew causou inundações e deixou milhares de desabrigados.