Solenidade lembra que Brasil ocupa a 20ª posição no ranking de países que contribuem com tropas para a ONU.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 20 out 2017

Corumbá (MS) – No dia 17 de outubro, o 17º Batalhão de Fronteira (17º B Fron) sediou uma formatura, realizada pela 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, para a conclusão da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).

Quanto às missões de paz, o Brasil ocupa a 20º posição no ranking de países que enviam tropa, tendo, atualmente, quase 1.300 militares das Forças Armadas, além de oito policiais militares, atuando diretamente em missões de paz, seja como observadores ou com tropa.

Ao longo de 13 anos, as tropas brasileiras tiveram as missões de contribuir para manutenção do ambiente seguro e estável no Haiti, cooperar com as atividades de assistência humanitária e de fortalecimento das instituições nacionais.

A solenidade contou com dois grupamentos formados por militares da Marinha e do Exército, que participaram das missões de paz no Haiti, para homenagear a todos os homens e mulheres que serviram e continuam servindo em operações de manutenção da paz, pelo seu alto nível de profissionalismo, dedicação e coragem e para honrar aqueles que perderam suas vidas em prol da paz.



Fonte:17º B Fron