No preparo de tropas de países da CPLP, exercício utiliza situações-problema para adestrar emprego conjunto.

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 25 set 2017

Resende (RJ) – Representantes dos nove países integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) estão participando do Exercício Felino 2017, que está ocorrendo desde 18 de setembro e se estenderá até o dia 29. O encontro, neste ano, ocorre na Academia Militar das Agulha Negras (AMAN), em Resende (RJ).

A Força-Tarefa Conjunta e Combinada (FTCC) que compõe a atividade possui integrantes da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, além de militares oriundos de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Paralelamente à atividade, tropas da Organização das Nações Unidas (ONU) no terreno, em cenário fictício, realizam ações, como o bloqueio de ruas e o patrulhamento de áreas, com o objetivo de conter e dispersar manifestantes descontentes com a presença dessas tropas. Na ação fictícia do dia 23, foi necessário o emprego da Viatura Blindada para Transporte de Pessoal Média de Rodas Guarani (VBTP-MR) e de apoio médico.

O objetivo do Exercício é incrementar a interoperabilidade entre as Forças Armadas dos Estados-Membros da ONU e treinar o emprego em Operações de Apoio à Paz e de Ajuda Humanitária, sob a égide desse organismo internacional.

 

 

Funcionamento da Série Felino

Cada Exercício da Série Felino funciona em ciclos com a duração de dois anos, utilizando o mesmo cenário fictício para simular situações-problema. O primeiro ciclo é realizado no formato “Carta”, no qual se planeja e executa uma operação por meio de rede de computadores, como um “Jogo de Guerra”. Essa fase foi realizada no ano passado, em Cabo Verde. O segundo ciclo é realizado no ano seguinte, no terreno, com a ação de tropas. Essa é a modalidade que está sendo realizada, neste ano, no Brasil.

 

Entendendo o cenário fictício

A trama do Exercício desenvolve-se na Região Sudeste de um continente denominado Gama. No passado, essa localidade havia sido colonizada e, após sua independência, diversos conflitos desmembraram a região em quatro países: Marrom, Azul, Amarelo e Branco. Nesse ínterim, o país Amarelo demonstrou descontentamento com sua delimitação territorial e, desde então, tem reivindicado uma área do território Azul.

Debruçados sobre esse cenário fictício, os participantes do Exercício Felino treinarão, até o dia 28 de setembro, o emprego Conjunto das Forças Armadas da CPLP, em operações de Apoio à Paz e de Ajuda Humanitária.

 

 

Acompanhe outras notícias sobre o exercício:

 

Nova simulação no Exercício Felino: Militares evacuam desabrigados por enchente.

 

Incidentes em cenário fictício comporão Exercício Felino, que prepara países da CPLP para emprego conjunto.

 

Primeiros incidentes surgem no terreno do Exercício Felino.

 

Participantes apresentam características geopolíticas de seus países e se dividem em grupos para o Exercício Felino.

 

 



Fonte:CML