Defesa Cibernética é tema em seminário internacional

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 04 ago 2017
Crédito: Sgt Djalma

Brasília (DF) – Especialistas civis e militares estiveram reunidos em Brasília, entre os dias 1º e 3 de agosto, durante o V Seminário Internacional de Defesa Cibernética. Realizado no Comando Militar do Planalto, o evento foi promovido pelo Centro de Defesa Cibernética (CDCiber), em comemoração ao seu sétimo aniversário de criação. Foram discutidos assuntos como a estrutura de segurança e defesa cibernética nacional e apresentados estudos de caso envolvendo ataques recentes em grandes eventos que tiveram a participação das Forças Armadas, como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Palestrantes de nações amigas, como Estados Unidos, Grã-Bretanha e Portugal, também estiveram presentes, apresentando diferentes olhares sobre o tema. Essa integração foi um dos pontos destacados pelo Chefe do CDCiber, General de Brigada Jayme Octávio de Alexandre Queiroz. "As ameaças à segurança da informação nas organizações são crescentes e, a cada dia, aparecem novas dessas ameaças. É praticamente impossível para uma organização dar conta da proteção de suas informações atuando de modo isolado. Por isso, eventos como esse seminário são oportunidades importantes para a troca de experiências", ressaltou.

Os desafios e as perspectivas de crescimento do setor de defesa cibernética foram outros temas abordados ao longo dos debates. O Comandante de Defesa Cibernética, General de Divisão Angelo Kawakami Okamura, entende que a busca por parcerias com o setor privado contribui para o desenvolvimento de alternativas positivas. "Enfrentamos desafios de toda ordem, especialmente com relação a recursos financeiros e capacitação de mão de obra. A integração com os meios acadêmico e empresarial permite que se consiga recursos além daqueles previstos em dotação orçamentária, contribuindo para o desenvolvimento dos nossos projetos", analisou.



Fonte:Agência Verde-Oliva