Coronel Nestor: 100 anos de uma vida gloriosa


Publicação: Sex, 14 Jul 2017 10:44:00 -0300
Crédito: Ten Borges, Sgt Negreiro e Sd Rafael

Brasília (DF) – Quando crianças, somos apresentados a histórias de heróis pelos livros, filmes ou relatos de nossos pais. Os feitos de personagens fictícios ajudam a moldar o caráter e a construir a personalidade infantil. Só que existem heróis de carne e osso, cujos atos os elevam à condição de verdadeiras lendas vivas. Pessoas como o Coronel Nestor da Silva, veterano da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que combateu durante a Segunda Guerra Mundial e acaba de completar 100 anos de idade. Uma data especialmente comemorada por toda a Família Verde-Oliva, em uma formatura no Batalhão de Polícia de Exército de Brasília, nesta sexta-feira, 14 de julho.

O Coronel Nestor tomou parte dos feitos memoráveis da FEB em terras italianas, como as Tomadas de Montese e de Monte Castelo, páginas gloriosas do Exército durante o maior conflito armado da história da humanidade. Natural de Lagoa Santa (MG), ele foi praça voluntário no então 10º Regimento de Infantaria, em Belo Horizonte, no ano de 1938. Após transferência para o 11º Batalhão de Infantaria, em São João D´El Rei (MG), alcançou a graduação de Segundo-Sargento. No ano de 1944, embarcou para a Campanha na Itália, onde, com os valorosos Pracinhas, fez a “cobra fumar” durante a Segunda Guerra Mundial.

Por seus serviços em campanha, foi promovido ao posto de segundo-tenente pelo próprio General Mascarenhas de Morais, Comandante da FEB. No retorno vitorioso ao País, deu sequência à brilhante carreira, passando à reserva remunerada no ano de 1972.

Parabéns, Coronel Nestor! Um herói do Exército e do Brasil!


Crédito: Ten Borges, Sgt Negreiro e Sd Rafael