Jornalistas são preparados para área de conflito

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 27 jun 2017
Crédito: Sd Anderson Vieira e Sd Viotto

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 22 de junho, a Escola de Instrução Especializada (EsIE), "Berço da Especialização no Exército", recebeu assessores de imprensa participantes do Estágio para Jornalistas em Área de Conflito, que ocorre sob a coordenação do Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB).

Os 35 profissionais de mídia nacional e internacional receberam orientações teóricas e práticas dos especialistas de Engenharia e de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) da EsIE, acerca de condutas e procedimentos de segurança a serem adotados em ambientes nos quais possa haver incidência de artefatos explosivos, em especial minas terrestres, ou agentes QBRN.

Uma preparação especializada é primordial para que os profissionais dessa área mantenham o acesso à informação e, com ele, o exercício da liberdade de expressão acerca dos fatos, que, em virtude de circunstâncias adversas eventualmente existentes em regiões conflituosas, poderia ser-lhes negado.