Parque Histórico Nacional dos Guararapes


Publicação: Sex, 19 Mai 2017 09:30:00 -0300

Recife (PE) – Foi lançado, no dia 15 de maio, o Projeto de Revitalização do Parque Histórico Nacional dos Guararapes (PHNG), que abrangerá melhorias para a recuperação de edificações existentes. Dentro do projeto, também está prevista a construção de um memorial, com exposições e toda a estrutura necessária para fazer do Parque um importante ponto turístico e de pesquisa.

O lançamento aconteceu quatro dias depois que ter sido assinado o decreto que institui o Comitê Interministerial para a revitalização do Parque, que será integrado pelos Ministérios da Defesa e da Cultura, pelo Comando do Exército e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Dentre os objetivos apontados pelo projeto, destacam-se: estabelecer diretrizes e definir estratégias para subsidiar a revitalização; coordenar e implementar um projeto; bem como avaliar e registrar os benefícios e resultados alcançados para o Parque, local de importância histórica, onde foi travada a primeira batalha entre a tropa brasileira contra os invasores holandeses, em 1648.

A solenidade de lançamento aconteceu no Mirante do Monte Guararapes, com a presença do Governador de Pernambuco, Paulo Câmara; do Ministro da Defesa, Raul Jungmann; do Ministro da Cultura, Roberto Freire; do Comandante Militar do Nordeste, o General de Exército Artur Costa Moura; do Prefeito de Jaboatão dos Guararapes (PE), Anderson Ferreira; e de outras autoridades civis e militares.

 

O Parque Histórico Nacional dos Guararapes

Criado em 1971, o espaço tem 3,63 quilômetros quadrados e é sede da Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, primeira igreja votiva do Brasil. O local abriga os restos mortais dos participantes da Batalha dos Guararapes.

Parte da área do Parque é administrada do Exército Brasileiro, por intermédio da 7ª Região Militar.

Fonte: CMNE