Exército celebra 127 anos do Cerco da Lapa no Paraná

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 15 fev 2021
Crédito: 15º GAC AP

Lapa (PR) – No dia 6 de fevereiro, o Exército Brasileiro, por meio do 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (15º GAC AP), realizou a cerimônia alusiva aos 127 anos do Cerco da Lapa, episódio histórico de defesa da então recém-instaurada República que marcou a cidade paranaense.

Em memória ao feito heroico do povo lapeano, a solenidade foi realizada no Panteão dos Heróis, local que homenageia personalidades que lutaram no episódio ocorrido em 1894, como o Coronel Antônio Ernesto Gomes Carneiro. As atividades comemorativas no 15º GAC AP incluíram a premiação às melhores redações sobre o Cerco da Lapa. Houve ainda participação da tropa do Regimento de Polícia Montada “Coronel Dulcídio”, assim nomeado em homenagem a um dos heróis do evento histórico.

A cerimônia contou com a presença do Comandante da 5ª Divisão de Exército (5ª DE), General de Divisão Carlos José Russo Assumpção Penteado, que foi acompanhado dos Comandantes da 5ª Região Militar e de unidades nível brigada da 5ª DE, do Prefeito de Lapa, Diego Timbirusso Ribas, além de outras autoridades civis e militares.

Cerco da Lapa
Liderados por Gumercindo Saraiva, os federalistas eram mais numerosos e já haviam conquistado outras regiões desde o Rio Grande do Sul. Com o objetivo de prosseguir até a capital federal, no Rio de Janeiro, para tentar derrubar a República, a tropa de Saraiva imaginava que a Lapa seria facilmente vencida.

No entanto, eles não contavam com a reação povo lapeano, que sob a liderança do Coronel Gomes Carneiro, resistiu à ofensiva por vinte e seis dias. Esse tempo permitiu que as tropas republicanas fossem organizadas e impedissem a chegada dos federalistas até a capital da República.

Fonte: Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército (AD/5)