Cerimônia rememora os 100 anos da conquista das primeiras medalhas olímpicas do Brasil por atletas militares

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 16 dez 2020
Crédito: Cb Francilaine e Sd Torres

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 12 de dezembro, durante o Campeonato de Tiro das Forças Armadas que ocorre no Centro Nacional de Tiro Esportivo, na Vila Militar, foram rememorados os cem anos das primeiras medalhas olímpicas do Brasil, conquistadas nos Jogos de Antuérpia, em 1920.

A cerimônia, presidida pelo Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, iniciou-se com a inauguração do busto do Tenente-Coronel Guilherme Paraense, primeiro brasileiro medalhista de ouro da história dos Jogos Olímpicos, êxito conquistado na cidade de Antuérpia, na Bélgica, na prova de revólver 30 metros. O evento prosseguiu com o lançamento da moeda que comemora o feito dos brasileiros, produzida pela Casa da Moeda do Brasil; com a obliteração do selo comemorativo e com as condecorações dadas a personalidades do esporte, como a Cruz do Mérito Desportivo post-mortem, entregue à Srª Adyel Silva, filha do atleta de salto triplo Adhemar Ferreira da Silva, que disputou 4 edições dos Jogos Olímpicos e conquistou 2 medalhas de ouro. "Não foram atletas indo competir. Aquilo foi uma verdadeira aventura. E isso valorizou muito a medalha", disse o Ministro da Defesa sobre as dificuldades dos primeiros medalhistas olímpicos.

O 3º Sargento Felipe Wu destacou a importância do Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR) e lembrou que, após as 3 medalhas nas Olimpíadas de 1920, o Brasil só conquistou uma medalha olímpica no Tiro Esportivo a partir da sua participação na categoria pistola de ar de 10 metros, nos Jogos Rio 2016. "Mesmo com a pressão de competir em casa, conquistamos, aqui mesmo, no Centro Nacional de Tiro Esportivo, a medalha de prata para o Brasil", destacou.

O Campeonato de Tiro das Forças Armadas, evento da Comissão Desportiva Militar do Brasil, organizado pelo Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), ocorreu entre os dias 9 e 13 de dezembro, no Centro Nacional de Tiro Esportivo, na Vila Militar. O local também abrigou, simultaneamente, o Campeonato Brasileiro de Tiro 2020, que é organizado pela Confederação Brasileira de Tiro Esportivo.

Fonte: CML