ESG Campus Brasília promove Exercício de Crise Internacional intermediada por um Conselho de Segurança

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 25 nov 2020
Crédito: ESG

Brasília (DF) – No período de 16 a 20 de novembro, a Escola Superior de Guerra - Campus Brasília, realizou a segunda edição do Exercício de Crise Internacional (ECI). A atividade coroa o ano de instrução do Curso de Altos Estudos em Defesa 2020 (CAED/2020), simulando situações de crise entre países com interesses geopolíticos alinhados/conflitantes em um contexto internacional intermediado por um Conselho de Segurança.

Durante o ECI, foram explorados vários conhecimentos abordados durante o CAED/2020. Participam desse curso oficiais superiores das Forças Armadas e servidores da Alta Administração Federal.

O exercício, que teve a duração de uma semana, simulou uma crise no sistema internacional, envolvendo negociações no nível político internacional, por meio de uma instância supranacional, o “Conselho de Segurança dos Países Unidos”, que realizou negociações internas no contexto de cada país envolvido.

Para a Coordenadora Acadêmica e Professora de Geopolítica da ESG (campus Brasília), Tenente-Coronel Selma Gonzales, o ECI é uma atividade muito importante devido à aplicação prática de diversos conceitos aprendidos ao longo do CAED. A coordenadora ressaltou, ainda, o rendimento dos alunos. "O aproveitamento deles foi excepcional, desde a assimilação dos conceitos iniciais até o desfecho, que resultou em uma resolução do Conselho de Segurança, desescalando a crise simulada no contexto do exercício", explicou.

O ECI teve a coordenação acadêmica do Coronel R1 Paulo Roberto, da Tenente-Coronel Selma Gonzales e do Professor da Escola de Relações Internacionais, Fábio Queiroz.  As atividades contaram, também, com o apoio do Comando de Defesa Cibernética, do Centro de Comunicação Social do Exército e da Empresa Brasil de Comunicação.

Fonte: CCOMSEx