Visita técnica à empresa Omnisys Engenharia Ltda

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 19 out 2020
Crédito: Cel Ismael e Cel R/1 Kennedy

Rio de Janeiro (RJ) – Em 15 de outubro de 2020, o Chefe de Ensino, Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (EPDI) do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), General de Divisão Luís Henrique de Andrade, acompanhado do  Chefe do Centro de Avaliações do Exército (CAEx), General de Brigada Carlos Eduardo da Mota Góes, de oficiais da Diretoria de Sistemas e Materiais de Emprego Militar (DSMEM) e do CAEx, realizaram visita técnica às instalações da empresa Omnisys Engenharia Ltda., em São Bernardo do Campo (SP).

A finalidade do evento foi acompanhar o progresso do serviço de engenharia do Sistema Transportável para Rastreio de Engenhos em Voo (STREV), objeto de contrato firmado entre o DCT e a Omnisys e gerido pelo CAEx, com apoio da DSMEM. O STREV tem por objetivo dotar o Exército de um sistema transportável de rastreamento de engenhos em voo, com especial foco em mísseis, foguetes, granadas de artilharia, munições de grande calibre e Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP).

O Chefe de EPDI/DCT, o Chefe do CAEx e comitiva foram recebidos pelo Diretor-Geral da Thales Group no Brasil, Luciano Macaferri Rodrigues,  pelo Diretor Presidente da Omnisys Engenharia, Luiz Henriques, e por membros da Direção da empresa que, após as boas-vindas, realizaram uma apresentação institucional.

Fundada em 1997 por engenheiros brasileiros, a Omnisys, subsidiária do Grupo Thales no Brasil, é uma empresa nacional de alta tecnologia com competência técnica e gerencial em áreas estratégicas de aplicação civil e militar, como vigilância e controle do espaço aéreo, defesa aérea, guerra eletrônica, sistemas de rastreio, aviônicos, eletrônica de mísseis e entretenimento a bordo. Atua ainda no setor espacial, por meio do desenvolvimento e fornecimento de equipamentos e sistemas embarcados em satélites.

Em seguida, o Chefe de EPDI, o Chefe do CAEx e comitiva assistiram à apresentação a respeito do STREV, com destaque para o percentual de execução contratual já alcançado de 80% na finalização do sistema e para desenvolvimento e possível contratação futura de um Simulador de Sensor Multi-missão, empregado no desenvolvimento do STREV e que poderá conferir, após sua homologação e eventual aquisição pelo CAEx, flexibilidade e versatilidade ao Rastreio de Engenhos em Voo.

Após as apresentações, foi realizada uma visita às instalações da empresa, com destaque para os laboratórios de integração de subsistemas, dentre eles o do STREV, no qual foi realizada uma demonstração preliminar do funcionamento do Subsistema de Rastreio Óptico do STREV. Também foram visitados laboratórios de integração de transmissores de radar de controle de tráfego aéreo e linhas de fabricação de placas de circuito impresso com componentes eletrônicos do tipo Surface-Mount Device (SMD) montados em superfície (Surface-Mount technology – SMT), dentre outros projetos da empresa, vários dos quais em proveito do Exército Brasileiro, da Força Aérea Brasileira e da Marinha do Brasil.

O ponto alto da atividade consistiu na visita aos shelters dos subsistemas do STREV integrados aos caminhões fornecidos pelo Exército Brasileiro, nos quais se constatou o estágio avançado de integração de componentes e da implementação das funcionalidades do sistema, tendo sido demonstrado o controle eletromecânico de movimento angular da antena do Radar Adour do CAEx, plenamente recuperada pela empresa no escopo do serviço de implantação do STREV e adaptada para transporte em reboque.

Concluindo o evento, o Diretor-Geral da Thales Group no Brasil convidou o Chefe de EPDI/DCT a descerrar uma placa comemorativa em alusão à visita, seguindo-se as despedidas finais.