Estágio de Operações de GLO reúne cadetes da AMAN e da AFA no Centro de Instrução de Operações Urbanas

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 15 out 2020

Campinas (SP) – Entre os dias 14 de setembro e 9 de outubro, o Centro de Instrução de Operações Urbanas (CIOU), subunidade escolar do 28º Batalhão de Infantaria Leve (28º BIL), conduziu o Estágio de Operações de Garantia da Lei e da Ordem para 39 cadetes do 4º ano da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN).

Nas duas primeiras semanas, os cadetes receberam instruções teóricas em que foram abordados os tipos de operações no combate urbano e suas peculiaridades. A partir do dia 28 de setembro, teve início a parte prática do estágio. Nesse mesmo dia, apresentaram-se no Batalhão Henrique Dias 25 cadetes do 3º ano da Academia da Força Aérea (AFA), a fim de participarem do Pedido de Cooperação de Instrução (PCI) em Operações Urbanas, também conduzido pelo CIOU. Assim, as instruções práticas foram executadas integrando os militares das 2 Forças.

Foram executadas as seguintes atividades peculiares do combate urbano: combate em recinto confinado, patrulhamento em área humanizada, posto de bloqueio e controle de vias, posto de segurança estático, operação de busca e apreensão e primeiros socorros em combate.

Ao final das operações, os estagiários puderam expressar suas opiniões sobre a atividade. “Acho que o estágio foi incrível, não só pelo conhecimento adquirido, mas também pela experiência de missões reais que a equipe de instrução pôde passar. O contato com os cadetes da AFA foi uma ótima oportunidade de conhecer e entender como funciona a vida profissional e operacional do oficial da Força Aérea", afirmou o Cadete Sotolani, da AMAN. “Tive a oportunidade de rever amigos que fiz durante o Congresso Acadêmico sobre Defesa Nacional e de conhecer muito mais o Exército Brasileiro. Esse contato deixou o estágio mais interessante e favoreceu a troca de conhecimento”, destacou o Cadete Fabretti, da AFA.

No dia 9 de outubro, foi realizada a cerimônia de encerramento dos estágios, que totalizaram 160 horas-aulas para os cadetes da AMAN e 80 horas-aulas para os cadetes da AFA. O estágio foi uma oportunidade única de interagir desde os bancos escolares e de levar as amizades ao longo da carreira.

As atividades seguiram todas as medidas sanitárias preventivas relativas ao contágio e combate da COVID-19.

Fonte: 28º BIL