Reunião de Coordenação da Operação Verde Brasil 2

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 23 set 2020

Humaitá (AM) – No dia 18 de setembro, ainda durante a Operação Amazônia, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª Bda Inf Sl) promoveu um Reunião de Coordenação da Operação Verde Brasil 2 na cidade de Humaitá. O evento ocorreu na Área de Lazer da Vila dos Oficiais do 54º Batalhão de Infantaria de Selva (54º BIS) e reuniu instituições federais, órgãos de segurança pública e fiscalização (OSPF) e entidades públicas de proteção ambiental do sul do Amazonas.

O Comandante da 17ª Bda Inf Sl, General de Brigada Luciano Batista de Lima, acompanhado do Comandante do 54º BIS, Coronel Marlon Galdino da Silva, presidiram a reunião, que contou ainda com a presença de autoridades civis e militares da região, bem como dos principais veículos de comunicação da cidade.

Na reunião, foram apresentados os números da Operação Verde Brasil 2 até o momento e realizada uma apresentação do aplicativo Guardiões da Amazônia, pelo próprio desenvolvedor, José Mário Fraga Miranda. Trata-se de um aplicativo que permite a população denunciar os delitos mais comuns e danosos ao meio ambiente praticados na região, fornecendo aos órgãos de controle e fiscalização uma valiosa ferramenta para que possam agir com mais eficiência para apurar e autuar os responsáveis pelas queimadas. Além disso, fornece, em tempo real, acesso facilitado aos focos de calor em todo o território da Amazônia Legal.

Aplicativo Guardiões da Amazônia

No primeiro mês da Op Verde Brasil 2, a 17ª Bda Inf Sl lançou a plataforma Guardiões da Amazônia, cujo objetivo principal é a proteção da região Amazônica no tocante a ilícitos ambientais. O programa pode ser baixado para o sistema Android e IOS (iphone e Ipad). Segundo o idealizador do programa, o objetivo é expandir o uso por toda Amazônia. "A ideia foi criar uma ferramenta para que mesmo órgãos com limitações de estrutura como pequenas secretarias de meio ambiente, tivessem condições de fazer uso da tecnologia em favor do meio ambiente e da Amazônia", disse o desenvolvedor da plataforma.

A plataforma Guardiões da Amazônia é composta de duas partes: um aplicativo móvel, destinado ao usuário comum, com a finalidade principal de envio das denúncias de forma segura e precisa, inclusive com inserção de fotos e localização geográfica; e um módulo web, de uso restrito dos órgãos parceiros, que podem ter acesso a vários tipos de relatórios e gráficos, incluindo as denúncias feitas pelos usuários.

Fonte: 17ª Bda Inf Sl