Na gestão e preservação do meio ambiente, Batalhão adota coleta seletiva

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 21 set 2020
Crédito: 17º BIS

Tefé (AM) – O 17º Batalhão de Infantaria de Selva (17º BIS) instalou, em sua área, lixeiras apropriadas para coleta seletiva do lixo, como parte de seu Plano de Gestão Ambiental. Essa ação vai de encontro à Cartilha da Diretoria de Patrimônio Imobiliário e Meio Ambiente (DPIMA), sobre práticas ambientais no Exército Brasileiro, e preconiza que compete às organizações militares executar a conservação e a recuperação ambiental das áreas sob sua responsabilidade. Além disso, compete ao militar, individualmente, cumprir as normas ambientais, contribuindo para a convivência harmoniosa com o meio ambiente.

Trinta lixeiras e seis containeres foram adquiridos com recursos da DPIMA, que é o órgão de apoio técnico-consultivo do Departamento de Engenharia e Construção (DEC), com a finalidade de superintender as atividades relacionadas com a administração dos bens móveis da União jurisdicionada ao Comando do Exército e o patrimônio ambiental nessas áreas.

A instalação da coleta seletiva no batalhão, além de promover a conservação do meio ambiente, desenvolve a conscientização sobre as práticas de preservação da natureza e sobre a importância do crescimento sustentável. Com este fim, foram adquiridos, além das lixeiras, um notebook e um retroprojetor, para que sejam realizados simpósios e palestras sobre preservação ambiental, para os militares do 17º BIS.

Fonte: 17º BIS