Certificação de viaturas de combate que serão utilizadas na Academia Militar das Agulhas Negras

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 21 mai 2020
Crédito: Sgt Coutinho, Sgt Murilo, Sd Giovanne e Sd Santana

Três Barras (SC) – A Viatura Blindada de Combate Obuseiro Autopropulsado (VBC OAP) M109 A5, conhecida mundialmente por ampliar o poder de fogo da Artilharia, foi manutenida, testada e certificada em uma ação conjunta envolvendo o Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar (Pq R Mnt/5), a Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército (AD/5) e o 15º Grupo de Artilharia de Campanha de Autopropulsado (15º GAC AP).

O Pq R Mnt/5 realizou a manutenção de 3º escalão nessas viaturas blindadas pertencentes ao Exército Brasileiro. No total, 36 unidades já foram distribuídas em todo o território nacional, ampliando o alcance do poder de fogo da Artilharia de Campanha. Após concluídos os trabalhos de manutenção e inspeção dos armamentos, 4 obuseiros foram deslocados pelo 5º Batalhão Logístico (5º B Log) para o Campo de Instrução Marechal Hermes (CIMH), localizado em Três Barras (SC), para o tiro técnico e o teste de rodagem, em 19 de maio. 

As guarnições das peças foram compostas por militares do 15º GAC AP e cada obuseiro realizou quatro tiros. Após cada disparo, a equipe do Pq R Mnt/5 inspecionou o armamento, a fim de certificar que o obuseiro está com seu funcionamento regular. Posteriormente, as viaturas militares foram submetidas ao teste de rodagem, percorrendo 40 quilômetros cada. Os 4 carros de combate serão destinados à Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), para auxiliar na formação dos cadetes do Curso de Artilharia.

A VBC OAP M109 A5 possui cerca de 27 toneladas e velocidade máxima em estrada de 55 quilômetros por hora. Robusta, com capacidade de manobra e facilidade de manutenção, é um sucesso de utilização em mais de 30 países e é um dos principais obuseiros autopropulsados dos exércitos ocidentais, reduzindo em 80% o tempo entre o recebimento da ordem e o tiro propriamente dito

As viaturas foram obtidas junto ao governo dos Estados Unidos, por intermédio do Programa FMS (Foreign Military Sales), tendo sido totalmente revitalizadas no Pq R Mnt/5.

Fonte: 5ª RM


Crédito: Sgt Coutinho, Sgt Murilo, Sd Giovanne e Sd Santana