Forte Pantanal ganha miniatura com riquezas de detalhes

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 12 mai 2020
Crédito: Sgt Vagner Pereira

Campo Grande (MS) – As riquezas dos detalhes dos pavilhões, vias, arborização e outros ambientes que caracterizam o Forte Pantanal podem ser admiradas em um pequeno espaço de 2,50 x 1,47 metros. Esse é o tamanho da maquete desenvolvida para representar, em miniatura, a obra arquitetônica do Forte.

Para chegar a esse resultado, o trabalho foi árduo e exigiu tempo, dedicação e esforço. A construção foi realizada com materiais como papel couchê, tinta para tecido, grampo de papel, galhos de árvores, isopor, cola, arame, plástico, adesivo, tecido e outros. Tudo no intuito de tentar, ao máximo, reproduzir a realidade de cada item do local.

À frente do projeto, o 1º Sargento Vagner Pereira Barbosa, do 6º Centro de Telemática de Área, que elaborou o meticuloso trabalho de aproximadamente oito meses de duração. Foi esse o tempo gasto para materializar, em escala reduzida, as edificações e demais construções existentes no complexo militar.

“Foi uma imensa satisfação realizar esse trabalho, onde pude representar, em escala reduzida, as edificações e demais construções existentes no Forte Pantanal. Eu coloquei em prática minhas habilidades artísticas e estou muito contente com o resultado. Espero agradar a todos,” disse o autor do projeto.

Estudantes que realizam estágio no 3º Grupamento de Engenharia puderam acompanhar a execução da maquete e auxiliaram nos trabalhos manuais. "Ajudar a fazer a maquete me permitiu aprender muito sobre criatividade e detalhes. Eu também aprendi que, com paciência e dedicação, é possível fazer coisas incríveis," explicou a estudante de Arquitetura e Urbanismo da Uniderp, Franciellen Souza de França.

Para o colega de faculdade e de estágio de Franciellen, Willian Maximiano, a oportunidade vai fazer a diferença no mercado de trabalho. “A minha experiência com a maquete foi incrível e foi muito importante para entender o funcionamento dos projetos e, com certeza, irá me ajudar no futuro”.

Esse trabalho ficará exposto no Forte para visitação, fortalecendo as raízes, tradições e valores do Exército Brasileiro na Fronteira Oeste.

Fonte: CMO