AMAN e Hospital Militar aplicam questionário contra a COVID-19

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 29 abr 2020

Resende (RJ) – A informação tem se mostrado uma importante ferramenta no combate à pandemia da COVID-19. Com ela é possível vencer a desinformação e aumentar a conscientização de todos para os cuidados contra a doença.

A Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) iniciou, neste mês de abril, um questionário sobre a situação de saúde de seus membros. A iniciativa acontece em conjunto com o Hospital Militar de Resende (HMR). Ou seja, os profissionais de saúde do Exército estão na linha de frente da luta contra a pandemia, seja no atendimento direto aos pacientes, como também no acompanhamento de sintomas.

Intitulada de Anamnese, a ferramenta trata-se de uma entrevista fundamental que tem como objetivo identificar um ponto inicial no diagnóstico de uma enfermidade e propor medidas adequadas.

Segundo a Capitão Médica Raquel Tatemoto, do HMR, "A AMAN solicitou ao Hospital Militar de Resende, um questionário de complementação à abordagem diária que tem sido feita nos postos de triagem nos acessos à AMAN. Esse levantamento é rápido, de fácil aplicabilidade e contém perguntas importantes”, revela a capitão.

O Questionário Epidemiológico é composto por três perguntas sobre sintomas e contato com pessoas com indícios da doença. Em caso de respostas positivas às questões, é feito o encaminhamento do paciente ao HMR.

A pesquisa está em consonância com as diretrizes do Ministério da Saúde que visam identificar casos e traçar um perfil sobre a pandemia no país, a partir de um monitoramento feito a distância sobre a saúde da população. E o mesmo se repete na AMAN. Além de ser aplicado por amostragem nos postos de triagem, onde também é feita diariamente a aferição da temperatura, o questionário também está disponível na rede interna dos militares e servidores civis para que haja o maior número de participações.  As perguntas podem ser respondidas online para evitar o contato.  As pessoas que se enquadram no grupo de risco da AMAN também têm sido submetidas ao levantamento. 

Esse é mais um importante passo no sentido de prevenir novos registros do coronavírus no interior da Academia.  Com os números do questionário em mãos, será possível otimizar ainda mais o planejamento estratégico na instituição.

Os postos de triagem nos acessos à instituição reforçam e relembram que todo dia é dia de prevenir-se contra a COVID-19.

Fonte: AMAN