Formatura de conclusão do EAS/EST

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 19 mar 2020
Crédito: ST Irajara

Campo Grande (MS) – No dia 14 de março, o 20° Regimento de Cavalaria Blindado (20° RCB) conduziu, em seu aquartelamento, a formatura de conclusão da 1ª fase do Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) e do Estágio de Serviço Técnico (EST) de 38 aspirantes a oficial da guarnição. A formatura foi presidida pelo Comandante (interino) da 9ª Região Militar e contou com a presença de vários comandantes das Unidades da guarnição, bem como de familiares dos concludentes.

Os estágios iniciaram no dia 1º de fevereiro do corrente ano e tiveram sua primeira fase conduzida pelo Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR) do 20° RCB. O Regimento, que anualmente forma 30 oficiais temporários de cavalaria e conduz o 1º ano de 80 futuros sargentos de carreira, emprega suas capacidades de unidade de combate e escolar para formar, homens e mulheres, oficiais de saúde e técnicos temporários. Em 2020, foram médicos, dentistas, farmacêuticos, enfermeiros, engenheiros, arquitetos, veterinários, analistas de sistemas, dentre outros profissionais de nível superior que, a partir de agora, empregarão seus conhecimentos em prol do Exército e da Nação, podendo permanecer no serviço ativo por até oito anos.

O estágio tem como principal finalidade adaptar esses profissionais à carreira das armas, com instruções e atividades diversas, tais como ordem unida, treinamentos físico militar, administração militar, tiro de pistola, aspectos constitucionais e legais da profissão militar e rapel, dentre outras. A primeira fase do estágio foi coroada com um exercício do terreno, onde os estagiários demonstraram seu valor e entusiasmo nas pistas de progressão diurna e noturna, sobrevivência, bivaque e marcha de 8 km.

A formatura do dia 14 foi prestigiada por familiares, orgulhosos pais, mães, irmãos, maridos, mulheres, filhos e amigos, muitos vindos de outros estados, e se encantaram com a formatura militar. A entrega de diplomas aos destaques e de espadas aos aspirantes foi realizada pelos familiares, que, emocionados, testemunharam o compromisso dos aspirantes perante a Bandeira do Brasil, de defender a Pátria com o sacrifício da própria vida, de preciso for.

Fonte: 20° RCB