Primeiro Culto Ecumênico do ano realizado no "Batalhão Passo da Pátria¨

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 13 mar 2020
Crédito: Sd Couto

Sapucaia do Sul (RS) – “Os soldados precisam muito de Deus, pois difícil é a vida daquele que tem como ofício a guerra, fazendo-a ou evitando-a.” Foi com essa frase que, no dia 13 de março, foi dado início ao primeiro culto ecumênico do ano no 18º Batalhão de Infantaria Motorizado (18º BI Mtz), "Batalhão Passo da Pátria¨, cuja finalidade era agradecer o andamento das instruções nestas duas semanas de internato e para pedir que as atividades do Tiro de Instrução Básico (TIB) a serem realizadas na semana que vem tenham o mesmo sucesso.

A formação do soldado recruta foca nas três competências necessárias para o crescimento equilibrado do militar: corpo, mente e espírito. Através do Treinamento Físico Militar (TFM), desenvolvemos e aprimoramos as suas capacidades motoras, exercitamos o corpo; as instruções cívico-militares focam na mente, preparando-a intelectual e psicologicamente para o desempenho da atividade fim do Exército, o combate; e a realização de atividades ecumênicas, em meio às instruções, visa proporcionar o desenvolvimento espiritual, o autoconhecimento, sem interferir nas preferências religiosas individuais.

A atividade foi conduzida por representantes das crenças católica, espírita e evangélica, e contou com a participação dos 365 recrutas incorporados no corrente ano, além da presença maciça do efetivo profissional e dos quadros do batalhão.

Fonte: 18º BI Mtz