Evento no HMASP marca o início das comemorações do seu Centenário

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 02 mar 2020
Crédito: Sgt Leandro e Thaís Alves

São Paulo (SP)  — O ano de 2020 é muito importante para o Hospital Militar de Área de São Paulo (HMASP) pois, no mês de maio, a unidade completa 100 anos de existência no bairro do Cambuci. E para marcar o início das comemorações, aconteceram dois eventos: o plantio de uma muda de Pau-Brasil e o Lançamento do Livro: “Hospital Militar de Área de São Paulo: 100 anos a serviço do Brasil”, que teve como coordenador o Diretor do HMASP, Gen Bda Med Sergio dos Santos Szelbracikowski.

O evento foi prestigiado pelo Comandante Militar do Sudeste (CMSE), Gen Ex Marcos Antonio Amaro dos Santos, responsável pelo prólogo da publicação, o Comandante da 2ª Região Militar (2ª RM), Gen Div João Chalella Chalella Junior, que ficou com o prefácio, além do Gen Div Archias Alves de Almeida Neto da 2ª RM; do Deputado Federal Gen Div Roberto Sebastião Petternelli e o Deputado Estadual Castelo Branco; dos Generais de Brigada Alexandre Almeida Porto, Comandante da 1ª Bda AAAe;  Carlos Waldyr Aguiar do CavEx e Ricardo Piai Carmona, ChEM do CMSE, o Cel Med Fernando Stort, antigo Diretor do HMASP;  o Cel Med Roberto Bentes Batista, antigo Subdiretor e responsável pelo posfácio e o Presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, Prof Dr  Antônio Carlos Lopes.

Também estiveram presentes representantes da Marinha do Brasil, da Sociedade de Amigos da 2ª Divisão de Exército e da Associação  de Ex-Combatentes de Santo André.

O autor do livro é um ex-integrante da Força que serviu no HMASP, Sr. Fagner Moura, que foi responsável, também, pelo livro dos 90 anos e que contou com o apoio do Adjunto de Comando do HMASP, Subtenente Leal, que acompanhou os trabalhos de redação da obra além buscar  recursos para que a publicação e lançamento da obra fosse um sucesso.

Em suas palavras, o Gen Szelbracikowski, falou sobre as duas mudas já plantadas anteriormente, uma de Cambuci e outra de Ginkgo Biloba e agora o plantio de uma muda de Pau-Brasil veio coroar esse primeiro evento das comemorações do Centenário. Na seqüência, foi realizado o lançamento do livro.

Um pouco de história:

Em São Paulo, o Serviço de Saúde do Exército data de 7 de abril de 1766 (254 anos)  quando o chamado Hospital Militar da Capitania de São Paulo, também chamado de Hospital de Negros e Soldados passou a funcionar em um terreno pertencente aos Jesuítas onde hoje é o Pátio do Colégio, famoso ponto turístico da cidade.  Após ser transferido para o Vale do Anhangabaú e depois para o local onde atualmente funciona o CPOR, o hospital foi transferido para o Cambuci em 1920.

Fonte: HMASP