Instrutores de Tiros de Guerra realizam Estágio na 5ª RM

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 12 fev 2020
Crédito: Sgt Coutinho e Sb Giovanne

Curitiba (PR) – Na primeira semana de fevereiro, a 5ª Região Militar (5ª RM) realizou o Estágio de Atualização de Instrutores de Tiros de Guerra, no Forte do Pinheirinho. Participaram 15 militares, sendo 12 sargentos e 3 subtenentes, nomeados para o biênio 2020/2021 com a finalidade de atuar nos estados do Paraná e de Santa Catarina.

O Estágio de Atualização tem como objetivo padronizar, atualizar procedimentos da instrução e da vida administrativa, regular a execução, nivelar os conhecimentos dos militares designados para a função de chefes e instrutores dos Tiros de Guerra. Para isso, foram ministradas diversas práticas controladas, além de palestras que destacaram a importância e as particularidades dessa atividade para o Exército Brasileiro e para as cidades que abrigam os Órgãos de Formação da Reserva.

Foram abordados temas do dia a dia dos TG, como: Comunicação Social, Assessoria Jurídica, Inteligência, Controle Patrimonial, Excelência Gerencial, Armamento, Garantia da Lei e da Ordem, Serviço Militar, Serviço de fiscalização de produtos Controlados, Mobilização, Fundo de Saúde do Exército, Prevenção de Acidentes com Motocicletas e Logística.

Ao final da instrução, 1º Sgt Polazzo foi o destaque do estágio e sentiu-se agradecido e feliz pelo aprendizado. “Apesar de estarmos isolados, não estamos sozinhos, obrigado”, disse.

Para o Ten Cel Inf Wilton Carlos Sanchez Lima, Diretor do Estágio, a missão foi cumprida com êxito. “A missão foi cumprida e o objetivo foi conquistado com aproveitamento para o desempenho do cargo nos Tiros de Guerra. Com toda a capacidade e competência demonstrados, tem nosso respeito”, enfatizou.

A importância dos Tiros de Guerra

A Missão dos Tiros de Guerra (TG) vai além das instruções do manejo de armas e da formação de atiradores. Eles contribuem na formação cívica dos cidadãos, transmitindo aos jovens, valores como patriotismo, lealdade e disciplina.

Com a parceria entre Prefeituras e Exército Brasileiro, os Tiros de Guerra são estruturados de modo tal que o convocado possa conciliar a instrução militar com o trabalho ou estudo, proporcionando aos que residem em cidades do interior, a oportunidade de atender à Lei e prestar o Serviço Militar Inicial sem a necessidade de sair do seu domicílio.

Fonte: 5ª RM


Crédito: Sgt Coutinho e Sb Giovanne