Entrada dos Novos Cadetes pelo Portão Monumental da Academia Militar das Agulhas Negras

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 11 fev 2020

Resende (RJ) – A Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) realizou, no dia 8 de fevereiro, a tradicional Cerimônia de Entrada dos Novos Cadetes pelo Portão Monumental.

Realizada desde 1944, quando a Academia se instalou em Resende, a cerimônia é caracterizada pela passagem dos Cadetes do 1º Ano pelo “Portão dos Novos Cadetes”: um pequeno portão que fica ao lado direito do portão principal e só é aberto uma vez por ano, sempre pelo Aluno de menor idade da nova turma. Mantendo a tradição, o “Portão dos Novos Cadetes” foi aberto pelo Aluno Adonis.

A cerimônia foi presidida pelo Vice-Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, General de Divisão Carlos Alberto Mansur, e foi prestigiada pelo Diretor de Educação Superior Militar, General de Divisão Jorge Cardoso Martins, pelo Diretor do Patrimônio Histórico e Cultural de Exército, General de Brigada Paulo Afonso Bruno de Melo,  e o pelo General de Brigada Rubem Augusto Taveira, antigo comandante da AMAN.

Em suas palavras, o Comandante da AMAN, General de Brigada Gustavo Henrique Dutra de Menezes, destacou que "as jornadas que ora se iniciam serão orientadas por um ideal, não o ideal do sonhador, mas sim o ideal de quem acredita em sua missão, estabelece metas, planeja como alcançá-las e parte para a execução do planejado e, nesse contexto, quanto mais difíceis forem as condições para a conquista de um objetivo, maior será a determinação para o cumprimento da missão pois aqui na AMAN, acreditamos na força de um ideal". 

A AMAN é a única Academia Militar do Brasil que forma oficiais combatentes de carreira. A Turma que ingressou este ano é constituída por 433 cadetes de todas as regiões do Brasil. Destaca-se, ainda, o ingresso de 17 Cadetes de Nações Amigas.

Fonte: AMAN