Cerimônia em comemoração ao 71º Aniversário da Brigada Guaicurus

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 03 fev 2020
Crédito: 4ª Bda C Mec

Dourados (MS) – No dia 31 de janeiro, o Comando da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (4ª Bda C Mec) realizou uma formatura geral para comemorar os 71 anos de sua criação. A formatura contou com a presença de personalidades civis e de autoridades militares, a exemplo do General de Brigada Eduardo Tavares Martins, Comandante da 4ª Bda C Mec; o General de Divisão R1 Sérgio Pedro Coelho Lima e o General de Brigada R1 Yvan Luiz Madruga Varjão, antigos Comandantes da 4ª Bda C Mec, o General de Divisão R1 Carlos dos Santos Sardinha, antigo Comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, entre outras. Na oportunidade, houve a entrega do Diploma de Amigo da 4ª Bda C Mec, concedido a personalidades que prestaram relevantes serviços ao Comando da Brigada e as Organizações Militares Subordinadas.

A 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada - ¨Brigada Guaicurus” tem a sua origem em Campo Grande (MS), ainda no antigo estado de Mato Grosso, com a instalação da 4ª Divisão de Cavalaria (4ª D C), criada em 29 de janeiro de 1949. Com o surgimento de novos materiais de emprego militar, impôs a substituição do cavalo nos campos de batalha. Assim, a 4ª Bda C Mec sucedeu a 4ª DC, última Grande Unidade do Exército Brasileiro tipo hipomóvel, instalando-se na cidade de Dourados, a partir de 15 de dezembro de 1982, com o objetivo de ficar em uma posição mais central de sua área de responsabilidade e em local mais próximo de suas Organizações Militares, desdobradas ao longo da linha fronteiriça Brasil-Paraguai.

A 4ª Bda C Mec é uma Grande Unidade operacional, considerada como Força de Emprego Estratégico pelo Exército Brasileiro. Possui uma organização com quatro Regimentos de Cavalaria, um Grupo de Artilharia, um Batalhão Logístico, uma Companhia de Engenharia, uma Companhia Comunicações e uma Bateria de Artilharia Antiaérea.

Em cumprimento à missão constitucional das Forças Armadas, a 4ª Bda C Mec possui a missão de permanecer em constante prontidão para ser empregada pelo Comando Militar do Oeste em sua área de responsabilidade, na forma da lei, na defesa do território nacional, na garantia dos poderes constitucionais, da lei e da ordem. Pode, ainda, atuar em ações subsidiárias, dando ênfase à prevenção e repressão de delitos transfronteiriços e ambientais, estando capacitada a participar de missões no exterior.

Privilegia, em todas as missões, o respeito à população e a competência profissional, em nível de excelência. Em seus 71 anos de existência, conserva o objetivo de manter a soberania brasileira nestes rincões da Nação e mantêm os ideais e valores dos seus antecessores.

Fonte: 4ª Bda C Mec