Militares brasileiros concluem curso internacional de combate em ambiente de selva no Equador

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 06 dez 2019
Crédito: Aditância do Exército no Equador

Francisco de Orellana (Equador) – No dia 2 de dezembro, após 12 semanas de treinamento na Escuela de Selva y Contrainsurgência del Ejército (ESCIE), 101 oficiais do Exército Equatoriano e 2 oficiais do Exército Brasileiro concluíram o "LI Curso de Tigres do Equador" e "XXIII Curso de Tigres Internacional", respectivamente.

No transcorrer do curso, os alunos obtiveram e aprimoraram conhecimentos no combate em selva, recebendo instruções de técnicas de evacuação médica, técnicas de comunicações na selva, operações ribeirinhas, orientação, técnicas de inserção e resgate, sobrevivência, emprego de explosivos, tiro de combate, técnicas de patrulha, planejamento e operações em selva, dentre outras.

Na cerimônia militar de conclusão do curso, realizada no Forte Militar Napo, com a presença do Comandante da Brigada de Selva nº 19 "Napo" e do Adido do Exército Brasileiro no Equador, o 1º Ten de Infantaria Lucas Rangel Barbosa, do 1º Batalhão de Forças Especiais, e o 1º Ten de Engenharia Francisco Mariano de Sousa Junior, do Centro de Instrução de Guerra na Selva, receberam o brevê de "Tigres", curso destinado a capacitar oficiais para liderarem equipes de combate em ambiente de selva.



Crédito: Aditância do Exército no Equador