Militar do HGuFl é a primeira mulher a participar da Prova Combatente Silva Paes

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 26 nov 2019
Crédito: Sgt Sionir

Florianópolis (SC) – Em comemoração ao aniversário da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, foi realizada, no dia 11 de novembro de 2019, a Prova Combatente Silva Paes.

Esta edição teve novidade: pela primeira vez, a Prova Combatente Silva Paes contou com a participação do segmento feminino do Exército Brasileiro. A primeira militar designada a representar todo o segmento foi a 1º Tenente Letícia de Almeida Rizzotto, do Hospital de Guarnição de Florianópolis (HGuFl), a qual demonstrou preparo físico, coragem, abnegação e sentimento do dever ao concluir a prova com êxito.

Composta de corrida com armamento, suprimentos e equipamentos, travessia de curso d’água utilizando meio pontão, lançamento de granada, tiro de fuzil, pista de pentatlo militar e transporte de feridos, a Prova Combatente Silva Paes exigiu dos participantes preparo físico e espírito de corpo.

O Comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, General de Brigada Ricardo Miranda Aversa, explicou que, por ser uma prova militar, traz a essência da profissão, fazendo com que o combatente venha com bastante entusiasmo, pois são aplicadas nessa prova táticas e técnicas utilizadas em combates.

Participaram da prova equipes de 10 militares de cada Organização Militar de Santa Catarina. Nesta edição, com novo recorde de 35 minutos, os militares representantes do 14º Regimento de Cavalaria Mecanizado, de São Miguel do Oeste, conquistaram, pelo 5º ano consecutivo, o primeiro lugar da Prova Combatente Silva Paes.

Divulgando esse importante evento militar, a prova foi acompanhada pela equipe de reportagem da RIC TV Record - e a repórter Fabiane Paza, devidamente fardada, enfrentou o desafio compondo a equipe da 1º Tenente Letícia. Para assistir a reportagem completa clique no link: https://youtu.be/2a_W6DHJbgA


 

Fonte: 14ª Brigada de Infantaria Motorizada


Fonte:HGuFl

Crédito: Sgt Sionir