101 anos do fim da Primeira Guerra Mundial

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 11 nov 2019

Em 11 de novembro de 1918, foi assinado o armistício que encerrou a Primeira Guerra Mundial, que foi conflagrada devido a uma série de disputas por territórios, mercados e áreas de influência geopolítica. O prelúdio do confronto irrompeu por uma descomedida escalada de crise diplomática entre as principais potências da época, mas não tardou a envolver países de todos os continentes, inclusive o Brasil.

Embora modesta, a participação militar brasileira despertou o júbilo patriótico com a presença de uma Divisão da Esquadra da Marinha do Brasil para o patrulhamento da costa atlântica da África, do não menos relevante serviço da missão médica militar na França, dos aviadores navais destacados para a Inglaterra, além da distinta participação da missão militar brasileira, composta por 24 oficiais e chefiada pelo General Napoleão Felipe Aché.

Desde outubro de 1917, o Brasil estava em guerra contra a Alemanha, integrando assim o bloco dos países Aliados liderado por França, Inglaterra e Estados Unidos. Em consequência, os 24 oficiais brasileiros que constituíam a “Missão Aché” foram arregimentados para lutar na frente ocidental de batalha do Exército Francês.

O Exército Brasileiro, honrando suas tradições, elevou, fora do continente americano, a reputação do Brasil. Alguns bravos oficiais brasileiros lutaram ao lado dos franceses até a rendição alemã, que hoje completa 101 anos.

.: Versão em pdf para impressão.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército