Hospital Central do Exército realiza procedimento cirúrgico de alta complexidade em recém-nascida

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 06 nov 2019
Crédito: 2º Sgt L. Silva

Rio de Janeiro (RJ) – O dia 5 de novembro se tornou uma data para ser comemorada no Hospital Central do Exército (HCE), pois, nessa data, a pequena Maria Júlia Mendes de Sousa, de apenas um mês e três dias, teve alta hospitalar, após ficar internada neste hospital desde o dia em que nasceu, em 2 de outubro de 2019.

Maria Júlia, filha da Sra Keilla Firmino Mendes de Sousa e do Soldado Moisés de Sousa Junior, que serve no 1º Batalhão de Infantaria Motorizado (Escola), Regimento Sampaio, demonstrou ser uma “guerreirinha”. Ela veio ao mundo com 37 semanas e logo foi diagnosticada com uma gravíssima doença cardíaca e, por esse motivo, sete dias após seu nascimento, precisou passar por um procedimento cirúrgico de altíssima complexidade, nunca antes realizado em uma unidade hospitalar do Exército Brasileiro. Graças à alta capacidade profissional de toda a equipe técnica envolvida, o procedimento cirúrgico foi um enorme sucesso.

Após a cirurgia, a pequena Maria Júlia ficou sob os cuidados da equipe da UTI Neonatal do HCE, demonstrando uma evolução constante. Já no dia 28 de outubro, começou a se alimentar do leite materno, com o trabalho conjunto da fonoterapia.

No dia 1º de novembro, ela teve alta da UTI Neonatal e ficou sob os cuidados da equipe da enfermaria pediátrica. No dia 5 de novembro, recebeu a tão esperada alta hospitalar, para a alegria de todos os setores do HCE responsáveis pela cirurgia e por sua plena recuperação, justificando, assim, o título concedido pela UNICEF ao HCE de “Hospital Amigo da Criança”.

Fonte: Hospital Central do Exército


Crédito: 2º Sgt L. Silva