Antigos integrantes visitam a companhia de engenharia de São Borja (RS)

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 16 out 2019
Crédito: Sd Jonatas

São Borja (RS) – No dia 15 de outubro, a 1ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada (1ª Cia E Cmb Mec), realizou um encontro com militares da reserva que integraram a Companhia durante os seus 34 anos. No encontro puderam rever antigos companheiros de caserna.

Na oportunidade foi apresentado um panorama geral do Projeto Cultural Souza Doca, que está sendo desenvolvido durante este ano, e conduzido pelo 3º Sargento Samuel Elias Candeiro e que tem como objetivo a preservação da memória institucional do Exército Brasileiro, em particular do patrono da 1ª Cia E Cmb Mec, o Coronel José Fernandes de Souza Docca.

Dentre as atividades previstas no projeto, já foram concluídas a retificação da denominação histórica da Companhia de “Companhia Souza Docca”, para “Companhia Coronel José Fernandes de Souza Doca” e de seu estandarte; o tombamento do cemitério público do Camaquã, que se encontrava em ruínas, como patrimônio histórico e cultural do município, do local onde foi enterrado no ano de 1893, o insigne patrono; e ainda, em andamento, a criação de um espaço cultural, de natureza museológica, no interior da OM, para visitação do público em geral; a produção de um documentário institucional; e a confecção de um Livro Histórico da OM.

O Projeto Cultural Souza Doca está sendo realizado em parceria com Universidade Federal do Pampa – Campus São Borja. Para o documentário, os militares da reserva, antigos integrantes da OM foram convidados a participar de forma voluntária, gravando entrevistas, compartilhando desta forma, um pouco de sua memória, que uma vez registrada se perpetuará na história.

 

Fonte: 1ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada


Fonte:1ª Cia E Cmb Mec