Operação Alta Pressão IX nos estados da Bahia e de Sergipe coibem atividades ilícitas com armamento

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 03 out 2019
Crédito: Fotos: 6ª RM

Salvador (BA) – No período de 23 a 27 de setembro, o Comando da 6ª Região Militar (6ª RM), por meio do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 6ª Região Militar (SFPC/6), realizou a Operação Alta Pressão IX, nos estados da Bahia e de Sergipe, com o objetivo principal de coibir desvios de armas e munições para atividades ilícitas e garantir que os usuários vinculados ao Exército Brasileiro estejam seguindo as normas em vigor. 

Ao final da operação, foram registradas 21 ocorrências administrativas, tendo sido autuados quatro estabelecimentos por Certificados de Registros vencidos; quatro, por estarem com o sistema de controle de vendas de munições (SICOVEM) desatualizado; 12, por colocarem, em exposição, réplicas de armas (simulacros) sem a ponta laranja; e uma empresa por ter vendido munição a instrutor com autorização vencida. Todos os estabelecimentos foram autuados e responderão processo administrativo.

No total, a Operação empregou 27 militares da 6ª RM em campo, para fiscalizar 44 estabelecimentos comerciais cadastrados pelo Exército que atuam no ramo de venda de armas e munições.

Com o encerramento da Operação Alta Pressão IX, somado aos resultados da Operação Alta Pressão VIII (realizada no primeiro semestre deste ano), 100% das lojas localizadas no âmbito da 6ª Região Militar foram fiscalizadas.

 

Fonte: 6ª RM


Crédito: Fotos: 6ª RM