Ministros e Governadores acompanham balanço das ações do Comando Conjunto Norte na Operação

${the_title} - ${company_name}

Belém (PA) – Na tarde da segunda-feira, 2 de setembro, Ministros do Governo Federal e Governadores dos Estados da Amazônia Oriental foram recebidos pelos Comandantes da Operação Verde Brasil para apresentação do briefing de atuação dos militares das Forças Armadas. Na reunião, os participantes conheceram as ações do Comando Conjunto Norte nos estados do Pará, Amapá, Maranhão e norte do Tocantins no combate a incêndios e a crimes ambientais, além do balanço positivo dos trabalhos desenvolvidos.

A apresentação, conduzida pelo Comandante Militar do Norte e Comandante do Comando Conjunto Norte, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, expôs que os números positivos são resultado dos esforços conjuntos da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira com agências governamentais. “O envolvimento com os órgãos estaduais, com a apresentação de dados e informações específicas tem sido fundamental para a operação. Muito do que a SEMAS [Secretarias Municipais de Meio Ambiente] nos repassou, não tínhamos acesso e ficaria difícil sem esse suporte”, ressaltou.

O General expôs, também, a significativa redução de incêndios na Amazônia Oriental em oito dias de operação das Forças Armadas em trabalho conjunto, focadas principalmente nas regiões de Novo Progresso, Altamira, Marabá e Itaituba, onde estão concentrados os maiores registros de queimadas.

Participaram da reunião os Ministros da Casa Civil, Ônyx Lorenzoni; da Defesa, General de Exército Fernando Azevedo e Silva; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; do Meio Ambiente, Ricardo Sales; e da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Antônio Oliveira. Na esfera estadual, estiveram presentes os Governadores dos Estados do Pará, Helder Barbalho; do Amapá, Waldez Góes; Mato Grosso, Mauro Ferreira; e do Tocantins, Mauro Carlesse, além do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão. Estiveram presentes, também, o Comandante da Ala 9, Brigadeiro do Ar Ricardo José Freire de Campos, o Chefe do Estado-Maior do 4º Distrito Naval, Capitão de Mar-e-Guerra Robson Neves Fernandes.

Comando Conjunto Norte

Para atuar nos estados do Pará, Amapá, Maranhão e norte do Tocantins, Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira uniram esforços na Operação Verde Brasil por meio do Comando Conjunto Norte.

Os militares trabalham em conjunto com agências governamentais como as Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS ), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público Federal. São mais de 4.400 pessoas trabalhando no combate às queimadas na área.

Com o comando sediado em Belém, as ações das Forças Armadas na área são Comandadas pelo General Paulo Sérgio, sendo o Comandante da Força Naval Componente o Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Newton de Almeida Costa Neto, o Comandante da Força Terrestre Componente o Comandante da 8ª Região Militar, General de Divisão Anisio David de Oliveira Junior, e o Comandante de Operações Aéreas o Comandante da Ala 9, Brigadeiro Ricardo.

A Operação Verde Brasil, do Ministério da Defesa, foi deflagrada após a publicação do Decreto Presidencial número 9.985, de 23 de agosto de 2019, que determina o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem e para ações subsidiárias, com validade até o dia 24 de setembro de 2019.

De acordo com o documento, os militares das Forças Armadas podem ser empregados em ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais e levantamento e combate a focos de incêndio que eventualmente ocorram em áreas de fronteira, em terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas dos Estados da Amazônia Legal que requererem.

Fonte: Comando Conjunto Norte