Vitórias da Força Expedicionária Brasileira na Itália - Edição 05

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 03 set 2019

DESLOCAMENTO DA FEB DE TARQUÍNIA PARA VADA

Em 18 de agosto de 1944, a tropa começou a deslocar-se de Tarquínia para a região de Vada-Rosignano. O deslocamento ocorreu em duas noites. O dia 20 de agosto caracterizou o fim do estacionamento de todo o Escalão Avançado, que agora estava distante 25 quilômetros da frente de batalha do Arno. O local escolhido para o estacionamento era uma grande área cultivada de videiras, que proporcionaram a proteção da tropa contra a visão do inimigo.

Em 22 de agosto, teve início o período final de instrução militar na Itália. O objetivo era completar o adestramento da tropa, tendo em vista sua incorporação às forças operacionais do V Exército, que já se encontravam às margens do rio Arno prontas para o combate.

 

DIA DO SOLDADO DA ITÁLIA

Em 25 de agosto de 1944, mesmo distante do Brasil, a tropa brasileira comemorou o Dia do Soldado prestando sua reverência e homenagem ao Patrono do Exército Brasileiro, o Duque de Caxias.

O Destacamento Tático, comandado pelo General Zenóbio da Costa, foi passado em revista pelo General Mark Clark, Comandante do V Exército, tendo depois desfilado com galhardia e magnífico aspecto marcial. O desfile foi assistido por altas autoridades, entre elas o General Chadebec de Lavallade, do Exército francês, último Chefe da Missão Militar Francesa no Brasil.

O dia 26 de agosto marcou o início do estágio dos oficiais e praças brasileiros nas 34ª e 88ª Divisões norte-americanas, já em combate. Durante o treinamento, foram intensificadas as instruções de patrulha noturna. A tropa brasileira também contou, no período, com uma escola de motoristas para adaptação e habilitação às viaturas americanas.

O soldado brasileiro já ambientado em solo italiano e adaptado ao material norte-americano teve um notável rendimento durante o adestramento, passando a operar os equipamentos, armamentos e viaturas com desenvoltura. Os pracinhas, em Vada, evidenciaram as características inerentes ao povo brasileiro: iniciativa, criatividade, rápido aprendizado, adaptação às novas situações, alegria e desprendimento nas tarefas do treinamento junto aos militares do V Exército.
 

.: Versão em pdf para impressão

Fonte: Fonte e pesquisa histórica: Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército (DPHCEx) e Centro de Estudos e Pesquisas de História Militar do Exército (CEPHiMEx)