Programa Força no Esporte no 62º BI atenderá a 80 crianças em Joinville, Santa Catarina

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 02 ago 2019

Joinville (SC) – O 62º Batalhão de Infantaria, seguindo as diretrizes vindas dos Ministérios da Defesa, da Cidadania e da Educação, abriu as atividades do Programa Segundo Tempo – Forças no Esporte (PROFESP) para o ano de 2019.

Esse projeto teve início no dia de 1º de agosto de 2019 e visa contribuir para que crianças em situação de risco social da comunidade local venham a praticar atividades físicas, as quais serão desenvolvidas no interior do Nosso Batalhão e em local adequado para tais atividades.

O Programa Força no Esporte tem como objetivo básico promover, por meio da prática esportiva, a integração social, a prevenção a doenças e promoção da saúde, bem como o combate à marginalidade e à violência contra as crianças e adolescentes, por meio de mecanismos que possibilitem a inclusão social, a valorização da cidadania, a inserção no trabalho e a permanência dessas pessoas nas atividades físicas, esportivas e de lazer. Isso tudo como um processo social de desenvolvimento e fator de preservação da soberania, fatores que seguramente justificam a proposta, além de “erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais”.

O projeto é uma parceria do 62º Batalhão de Infantaria com a Prefeitura Municipal de Joinville, com a iniciativa privada e conta com o apoio dos Ministérios da Cidadania e Ministério da Educação.

O projeto no Batalhão terá alguma semelhança com o antigo “Pelotão Mirim”, que funcionou durante 10 anos, sendo que dessa feita terá algumas evoluções, além da parte esportiva, uma equipe pedagógica da Secretaria de Educação do município estará permanentemente acompanhando as crianças, com atividades de reforço escolar, entre outras atividades pedagógicas.

O PROFESP atenderá a 80 crianças, de ambos os sexos, com faixa de idade de 9 a 12 anos, todas vindas da rede pública de ensino e selecionadas pela própria Secretaria de Educação, onde permanecerão no Batalhão no contra-turno (turno vespertino).

Fonte: 62º BI