Recuperação de módulos de viaturas blindadas gera economia para Força Terrestre

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 24 jul 2019
Crédito: Pq R Mnt/3

Santa Maria (RS) – Os procedimentos de manutenção em viaturas blindadas no Exército Brasileiro acompanham a evolução da sua frota. Tendo em vista o avanço tecnológico dos blindados usados pela Força Terrestre, o Parque Regional de Manutenção da 3ª Região Militar (Pq R Mnt/3), com a reestruturação do Pelotão de Manutenção de Equipamentos e Instrumentos (PMEI), desenvolveu uma nova metodologia em manutenção de módulos eletrônicos/optrônicos da Viatura Blindada de Combate Carro de Combate Leopard 1 A5 BR (VBC CC Leopard 1 A5 BR).

Nos últimos anos, com o novo método de manutenção, cerca de R$ 12,7 milhões foram economizados na recuperação de componentes do Sistema Automático de Controle de Tiro (SACT) e demais optrônicos dessa viatura.

A ideia inicial foi integrar o conhecimento técnico de um tenente engenheiro eletrônico do QEM, como comandante de Pelotão, e sargentos técnicos em material bélico, em comunicações e em eletrônica. Tal ação resultou em soluções e reparos em componentes da VBC CC Leopard 1 A5 BR.

O Pelotão tem realizado manutenções em diversos componentes da frota, como SACT, lunetas, Unidade Eletrônica de Testes (UET), monobloco eletrônico e calculador balístico, entre outros.

Fonte: Pq R Mnt/3


Crédito: Pq R Mnt/3