Experimentação Doutrinária de Grupo de Combate

${the_title} - ${company_name}

Crédito: Sd Senna

Santa Maria (RS) – No período de 15 a 19 de julho, ocorreu no Centro de Adestramento-Sul, a segunda fase da Experimentação Doutrinária (Expr Dout) de Grupo de Combate (GC), que tem como objetivo estudar a constituição do GC e estudar sobre a adoção do calibre 5,56m e 7,62mm, sendo realizada em duas fases.

A 1ª fase, nas organizações militares, tem a finalidade de realizar os estudos elencando as características particulares das tropas blindadas e mecanizadas, as experiências de guerras e estudos atuais sobre o emprego de calibres na OTAN. Essa fase, que teve duração de duas semanas, destinou-se à preparação prévia e revisão doutrinária de acordo com o tipo de tropa: Blindada ou Mecanizada.

Na 2ª fase, realizada no CA Sul, ocorreu a realização dos testes de tiro e balística, discussão da revisão doutrinária e conclusão dos trabalhos.

O teste de tiro e balística tem por finalidades:

- Comparar os calibres dos Fuzil IA2 5,56 e 7,62 e da Mtr MINIMI 5,56 e 7,62 mm, verificando a influência em termos de distâncias efetiva de engajamento e balística terminal em diversos tipos de estrutura tais como alvenaria, tijolos cerâmicos, e os outros tipos de construção e anteparos encontrados no território brasileiro.

- Comparar a diferença de precisão entre os referidos armamentos, procurando verificar operacionalmente a eficácia dos calibres propostas, de forma a identificar qual o sistema atirador/arma e equipamento/munição opera na melhor forma doutrinária dentro das distâncias doutrinárias de emprego.

- Verificar a partir de qual distância faz-se necessário a inclusão da luneta de precisão do GC para a realização de tiro preciso e justo. Destacando que esta luneta de acordo com o Projeto Cobra é uma luneta de fácil operação e com retículo graduado.

- Verificar a influência da inclusão da luneta na obtenção na capacidade de observação a longa e curta distância, bem como na influência da visão periférica.

Fonte: CA - Sul


Crédito: Sd Senna