Adestramento em operação de garantia da lei e da ordem

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 22 jul 2019
Crédito: SD ELVLES

Marabá (PA)  No dia 16 de julho, foi realizado o embarque das viaturas que irão para Operação Pedro Teixeira pelo modal ferroviário. A empresa Vale do Rio Doce disponibilizou o apoio logístico, cedendo o transporte ferroviário para que 23º Batalhão Logístico de Selva (23º B Log Sl) realizasse as amarrações que dão suporte e segurança ao deslocamento.

Foram embarcadas 16 viaturas do 52º Batalhão de Infantaria de Selva (52º BIS), do 23º B Log Sl, do 1º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva (1º GAC Sl), da Companhia de Comando (Cia C/23ª Bda Inf Sl) e do 33º Pelotão de Polícia do Exército (33º Pel PE), com destino para a área de Operações do Bico do Papagaio, que está sob responsabilidade da 23ª Brigada da Infantaria de Selva, onde serão desenvolvidas atividades de adestramento vocacionadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

A 23ª Brigada de Infantaria de Selva (23ª Bda Inf Sl) executará entre os dias 22 e 26 de Julho de 2019, a operação Pedro Teixeira III. Cerca de 1.200 (mil e duzentos) militares da 23ª Bda Inf Sl estarão atuando nos municípios de: Araguaína, Filadélfia, Palmeiras do Tocantins, Piraquê, Wanderlândia e Xambioá, todos de Tocantins, e no Maranhão; Carolina, Estreito, Porto Franco e Moraes de Almeida, já no Pará e ao longo de trechos da ferrovia Carajás.

Trata-se de uma Operação de Adestramento em Operações de Garantia da Lei e da Ordem, envolvendo todas as organizações militares subordinadas à 23ª Bda Inf Sl, com objetivos voltados para a segurança de estruturas estratégicas como a PCH (Pequena Central Hidrelétrica) de Lages em Piraquê-to e a usina hidrelétrica de Estreito (MA) e a garantia da votação e apuração, prevendo possível emprego nas eleições futuras.

Fonte: 23ª Brigada de Infantaria de Selva