Estágio de Comunicação Social para Oficiais do QEMA 2019 aborda principais aspectos dessa área no Exército

${the_title} - ${company_name}

Publicado em: 14 jun 2019
Crédito: S Ten Edmilson

Brasília (DF) – Chegou ao final, nessa sexta-feira, 14 de junho, o Estágio de Comunicação Social para Oficiais do QEMA (Quadro de Estado-Maior da Ativa) 2019. Iniciada no dia 3 de junho, a atividade foi promovida pelo Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx), em Brasília, tendo como objetivo central a capacitação de militares para atuação nessa área específica, cada vez mais demandada na Força Terrestre.

Durante duas semanas, os estagiários tiveram a oportunidade de ampliar seus conhecimentos em Comunicação Social (Com Soc), por intermédio de palestras proferidas por profissionais civis e militares, de reconhecido saber. Os oficiais do QEMA puderam trocar informações e adquirir novas capacidades, atualizando técnicas e procedimentos mais usuais no contexto da Com Soc.

Desde a palestra inicial, quando foi transmitido o panorama da Comunicação Social no Exército, pelo Chefe do CCOMSEx, os militares travaram contato com temas atuais na área. Nomes como os jornalistas Gerson Camarotti (Grupo Globo) e João José Forni (Mestre em Comunicação pela Universidade de Brasília), além do Porta-Voz da Presidência da República, General de Divisão Otávio Santana do Rêgo Barros, estiveram entre os palestrantes. Alguns dos temas abordados foram o emprego operacional da Com Soc, o combate às fake news e as lições aprendidas em termos de Comunicação Social em situações reais, como a intervenção federal no Rio de Janeiro e a Operação Acolhida em Roraima.

Assim como ocorreu em edições anteriores, parte das atividades do Estágio para Oficiais do QEMA ocorreu em paralelo ao Estágio para Correspondentes de Assuntos Militares (ECAM), também promovido pelo CCOMSEx. Esse último evento reuniu estudantes de faculdades do Distrito Federal, especialmente da área de Comunicação Social. O ponto alto desse enlace foi a realização de oficinas práticas no UNICEUB, uma das instituições participantes. Os universitários fizeram o papel de entrevistadores, abordando os militares do QEMA a respeito de uma situação hipotética de crise, proposta em um exercício simulado.

Fonte: Agência Verde-Oliva


Crédito: S Ten Edmilson