Feira inédita de defesa, segurança e “offshore” é oportunidade de cooperação com países da América Latina.


Crédito: S Ten Edmilson

Rio de Janeiro (RJ) – O Exército Brasileiro está presente na primeira edição da RIDEX, a Feira Internacional de Defesa no Rio de Janeiro que pretende apresentar oportunidades e tendências do mercado de defesa, segurança e offshore. A Ridex está sendo realizada entre os dias 27 e 29 de junho, no Pier Mauá.

O Comandante da 1ª Região Militar, General de Divisão Fernando Jose Sant'Ana Soares e Silva, representou o Comandante do Exército na abertura do evento. “A participação do Exército visa praticamente a duas coisas: entrarmos em contato com os diversos expositores e com as tecnologias que podem interessar à instituição e estarmos em contato com os países que estão aqui, de modo que nós possamos estreitar a cooperação militar”, declarou.

A cerimônia de abertura marcou, também, o início da 5ª Mostra da Base Industrial de Defesa do Brasil. O Ministro da Defesa, General de Exército Joaquim Silva e Luna, destacou a importância da base industrial para fortalecer a Defesa no Brasil, diante da grandeza do País e dos desafios impostos pela evolução tecnológica. Para ele, a feira vai contribuir para uma maior integração da indústria de defesa latino-americana. Mais de 20 delegações estrangeiras estarão na Ridex.

Também estiveram presentes na abertura do evento autoridades militares e civis, além de representantes da indústria nacional de defesa. A Ridex é organizada pela Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON), empresa pública vinculada ao Ministério da Defesa por intermédio do Comando da Marinha do Brasil. Uma das finalidades da EMGEPRON é promover a Indústria Naval Brasileira.

Ao longo dos três dias de evento, os participantes poderão assistir a simpósios e palestras e visitar estandes de cerca de 100 expositores. Na área externa, serão realizadas demonstrações de lanchas, navios e aeronaves. O Exército Brasileiro está com dois estandes na feira: um com produtos de divulgação institucional e outro com exposição de materiais do 1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear.



Fonte:Agência Verde-Oliva

Crédito: S Ten Edmilson