Exército reverencia militares brasileiros vitimados no terremoto de 2010, durante Missão de Paz no Haiti.


Publicação: Sex, 12 Jan 2018 13:30:00 -0200
Crédito: Arquivo CCOMSEx

 

 

Brasília (DF) – No dia 12 de janeiro de 2010, às 16h53, um forte terremoto atingiu o Haiti, deixando milhares de mortos, feridos e desabrigados. Dentre as vítimas fatais, estavam 18 militares do Exército Brasileiro, integrantes do 11º contingente da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH). São eles:

– Coronel Emilio Carlos Torres dos Santos;

– Coronel João Eliseu Souza Zanin;

– Tenente-Coronel Marcus Vinicius Macedo Cysneiros;

– Major Francisco Adolfo Vianna Martins Filho;

– Major Márcio Guimarães;

– Primeiro-Tenente Bruno Ribeiro Mário;

– Subtenente Raniel Batista de Carmagos;

– Segundo-Sargento Davi Ramos de Lima;

– Segundo-Sargento Leonardo de Castro Carvalho;

– Terceiro-Sargento Rodrigo de Souza Lima;

– Cabo Douglas Pedrotti Neckel;

– Cabo Dirceu Fernandes Júnior;

– Cabo Washington Luiz de Souza Seraphin;

– Soldado Antonio José Anacleto;

– Soldado Felipe Gonçalves Julio;

– Soldado Kleber da Silva Santos;

– Soldado Rodrigo Augusto da Silva; e

– Soldado Tiago Anaya Detimermani.

 

O Exército Brasileiro reverencia as almas desses valorosos militares, que demonstraram atributos como abnegação, coragem, patriotismo e disponibilidade permanentes, sacrificando as próprias vidas e perecendo no cumprimento da missão. Seus nomes estão eternamente gravados no panteão dos heróis.


Fonte: Agência - Verde-oliva

Crédito: Arquivo CCOMSEx