Em comemoração ao Dia do Exército, Comando Militar do Oeste relembra epopeia de Guararapes

${the_title} - ${company_name}

Crédito: Sd P Lopes

Campo Grande (MS) – O Comando Militar do Oeste (CMO), realizou, no dia 17 de abril, uma solenidade para celebrar os 371 anos de criação do Exército Brasileiro. A data refere-se à epopeia de Guararapes, ocorrida em 1648, quando brancos, índios e negros se uniram para defender a Pátria e expulsar o invasor estrangeiro, no caso os holandeses. Desse fato, surgiu a percepção de um Exército unido, capaz de garantir a integridade do território e de sua gente.

A solenidade militar comemorativa ao Dia do Exército, no Forte do CMO, reuniu autoridades civis e militares e foi marcada pela entrega das seguintes honrarias: Ordem do Mérito Militar, maior distinção honorífica da Instituição; Medalha Exército Brasileiro, que distingue cidadãos e instituições civis, integrantes das Forças Armadas, Forças Auxiliares e suas organizações militares que tenham praticado destacado serviço em prol do Exército Brasileiro; e o Diploma de Colaborador Emérito do Exército, que tem por finalidade agraciar personalidades e instituições civis, brasileiras ou estrangeiras que possuam elevado conceito na classe e na comunidade a que pertençam e tenham participado de ação destacada ou de serviço relevante em prol do Exército Brasileiro.

A solenidade foi presidida pelo Comandante Militar do Oeste, General de Exército Lourival Carvalho Silva, que, na oportunidade, leu a Ordem do Dia, “Braço Forte, Mão Amiga! É, assim, fundamentado nessas duas simples expressões, que o Exército Brasileiro, ao longo dos seus 371 anos de existência, tem buscado pautar suas ações para defender a nossa Nação e garantir os poderes legalmente constituídos em nossa Carta Magna e o império da lei e da ordem. Estejam certos de que vocês, homens e mulheres que nos confiam os mais altos índices de credibilidade institucional, são a força que guia o nosso braço e a brandura que orienta a nossa mão”, finalizou a leitura da Ordem do Dia, assinada pelo Comandante do Exército, General de Exército Edson Leal Pujol.

Fonte: CMO


Crédito: Sd P Lopes