Colégio Militar de Salvador promove simulação no modelo das Nações Unidas

 

Salvador (BA) – Entre os dias 3 e 5 de dezembro, o Colégio Militar de Salvador (CMS) promoveu a III MUNdoCMS. Trata-se de uma simulação no modelo da Organização das Nações Unidas (ONU), promovida pelo estabelecimento de ensino, que ocorre desde 2014 e está em sua terceira edição.

 

 

O evento conta, normalmente, com a presença de estudantes do Ensino Médio de colégios da cidade de Salvador, porém, neste ano, teve o diferencial da participação efetiva de alunos de outros Colégios Militares (de Campo Grande, Fortaleza e Rio de Janeiro), e do Colégio Naval. Foram aproximadamente 150 participantes.

 

A simulação abrangeu quatro comitês e um Conselho Internacional para Mulheres, que envolveu todos os delegados, além da Agência de Comunicação, responsável pela cobertura da atividade, e da Conferência Internacional para Mulheres (CIM). Todas essas células foram compostas por alunos.

 

O tema adotado em 2016 foi “Respeitando, integrando e empoderando”, levando em conta a persistência que se tem observado quanto à desigualdade social, política e econômica entre os sexos. Nesse propósito, os temas desses quatro comitês e do CIM estão voltados para a promoção de discussões a respeito dos problemas enfrentados no cenário mundial do século XXI.

 

“O maior propósito da III MUNdoCMS 2016 é trazer para os delegados uma grande reflexão sobre os temas atuais, por meio da discussão crítica, o amadurecimento das opiniões frente a problemas que afetam a sociedade moderna, bem como desenvolver a capacidade de argumentação e defesa de ideias em um ambiente de respeito mútuo”, explica o site criado para o evento.

 

Um dos comitês foi a Corte Internacional de Justiça, que abordou o tema “A problemática do casamento infantil”. Já o Escritório das Nações Unidas para Projetos e Serviços tratou sobre “A distribuição da verba investida nos projetos da ONU nas áreas de conflito do norte da África”. O United Nations Security Council tratou da “Contenção da ameaça do Boko Haram no Norte da África”. Por fim, o comitê do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas trouxe à tona “A prostituição e o tráfico de mulheres com fins sexuais e seus impactos socioeconômicos”. Ao término do evento, ocorreu uma reunião do CIM, cujo tema discutido foi “A situação da mulher no Século XXI e projeções para o futuro”. Esse debate contou com a presença de todos os delegados.

 

Saiba mais em: http://www.mundocms.com

Fonte:CMS
Publicado:$pubDate