CMNE executa Exercício da Força de Ajuda Humanitária

 

Recife (PE) – No dia 29 de novembro, o Comando Militar do Nordeste (CMNE) executou um aprestamento de tropa no contexto do Exercício da Força de Ajuda Humanitária. A finalidade foi verificar as condições de aprestamento de tropa, no valor subunidade, para emprego em uma operação real de ajuda humanitária, constituída por frações de Logística, Comando e Controle e Engenharia. Além disso, teve os objetivos de ampliar os laços de integração com os órgãos da Defesa Civil e aplicar os ensinamentos colhidos com a implantação do projeto em 2014, permitindo aprimorar a doutrina.
 

 



 

O evento, presidido pelo Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Nordeste, General de Brigada Francisco Mamede de Brito Filho, aconteceu no Quartel-General do Curado e reuniu os integrantes do Destacamento de Resposta Inicial (DRI), do Módulo Precursor Emergencial (MPE) e de órgãos governamentais.

 

Segundo o General Brito, o aprestamento faz parte da consolidação dos objetivos atingidos desde 2015. “Ano passado, foi encerrada a elaboração da doutrina. Já este momento é importante para mantermos os laços com nossos parceiros e vermos o tema sendo discutido, sempre em busca de melhoria”, destacou.

 

A implantação de uma Força de Ajuda Humanitária faz parte do Projeto Estruturante Novo Sistema Operacional Militar Terrestre, sob a gerência do Comando de Operações Terrestres (COTER), visando capacitar o Exército Brasileiro para atuar em caso de desastres. O intuito da Operação é melhorar a capacidade da Força Terrestre em responder, com presteza e efetividade, às situações de catástrofe, mantendo a especialização dos recursos humanos e o aprimoramento da doutrina.

 

A previsão é de que o desenvolvimento do projeto seja planejado de forma sequenciada até 2022, em todos os Comandos Militares de Área.

Fonte:CMNE
Publicado:$pubDate