Um Belo Exemplo: Subtenente Joselei Guimarães do Amaral

 

Rio de Janeiro (RJ) – O Subtenente Joselei Guimarães do Amaral, Desenvolvedor Web da Seção de Informática do Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil (Cl Pqdt), tomou a iniciativa de realizar um projeto para melhorar a segurança orgânica do quartel e desenvolveu um Sistema em linguagem de programação Java, com a finalidade de cadastrar a entrada de pessoal no estabelecimento de ensino, tirando fotografia do visitante e imprimindo etiqueta de identificação. Com isso, melhorou o controle de entrada e saída, conferindo uma excelente ferramenta de segurança e controle de pessoal.

 

 

O Sistema permite fazer consultas e gerar relatórios por data, facilitando, assim, quando necessário, pesquisas forenses para averiguação de entrada ou saída de pessoal. Além desse projeto, participou diretamente de outros, como a construção do Simulador de Lançamentos de Tropa Paraquedista, amplamente utilizado para a formação do Mestre de Salto, do Mestre de Salto Livre e do Precursor paraquedista; a agenda do comandante; e o desenvolvimento dos sítios da intranet e internet do estabelecimento de ensino.

 

Incorporado na Brigada de Infantaria Pára-quedista como soldado no ano de 1990, foi aprovado no concurso da Escola de Sargentos das Armas (EsSA) no ano de 1993 e, em 1995, já como sargento de carreira, realizou o Curso de Mestre de Salto, no qual veio a ser o primeiro colocado na disciplina de Lançamento de Tropa, o que o levou a ser convidado a fazer parte da equipe de Instrução da Formação Básica Paraquedista nos anos de 1998 e 1999.

 

Mesmo sendo saltador livre pela Confederação Brasileira de Paraquedismo desde 1991, em 1996 o S Ten Joselei realizou o Estágio de Salto Livre no Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil e, em 1999, o Estágio de Mestre de Salto Livre. Com isso veio a ser convidado para ser integrante da equipe de instrução do Curso de Salto Livre, atuando como monitor nos anos de 2000 a 2005 e, devido a sua excelente habilidade como saltador, foi colocado na função de câmera nos saltos dos alunos.

 

Sempre procurando auto aperfeiçoamento e buscando novos conhecimentos, fez faculdade de Informática e diversos cursos na área de Banco de Dados, Programação e Desenvolvimento de Sistemas, o que o colocou na função de auxiliar da Seção de Informática, onde, hoje, através do seu conhecimento e dedicação, vem contribuindo para a área de Segurança, desenvolvimento de sistemas e manutenção de computadores, além de assessorar o Comando do Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil em suas atividades diárias de instrução.

 

O S Ten Joselei é um belo exemplo a ser seguido, pois enalteceu o valor do profissional do Exército Brasileiro, demonstrando que, com poucos recursos, mas com muito dinamismo, criatividade, iniciativa e boa vontade, pode-se fazer a diferença.

Fonte:Cl Pqdt
Publicado:$pubDate