Documentos à Imprensa

General Freire Gomes assume Comando do Exército

O Centro de Comunicação Social do Exército informa que o General de Exército Marco Antônio Freire Gomes assume o Comando do Exército, conforme indicação do Sr Ministro de Estado da Defesa, ratificada pelo Sr Presidente da República nesta data.

 

Ao ser nomeado para o cargo de Comandante do Exército, o General de Exército (Gen Ex) Marco Antônio Freire Gomes exercia o cargo de Comandante de Operações Terrestres, em Brasília (DF).

 

O Gen Ex Freire Gomes nasceu na cidade de Pirassununga, estado de São Paulo, em 31 de julho de 1957, e é filho do Coronel de Cavalaria Francisco Valdir Gomes (in memorian) e da Sra Maria Enilda Freire Gomes.

 

Foi promovido ao posto atual em 31 de julho de 2018.

 

Oriundo dos Colégios Militares do Rio de Janeiro e de Fortaleza, foi incorporado às fileiras do Exército em 14 de fevereiro de 1977, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ).

 

Foi declarado Aspirante a Oficial da Arma de Cavalaria em 15 de dezembro de 1980.

 

No Brasil, além dos Cursos de Formação, de Aperfeiçoamento, de Altos Estudos Militares e de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, realizou os Cursos Básico Paraquedista; Mestre de Salto; Salto Livre; Avançado de Salto Livre; Ações de Comandos; Forças Especiais; Logística e Mobilização da Expressão Militar do Poder Nacional; e Segurança Presidencial. No exterior, realizou o Curso de Gerenciamento de Crises e o Curso de Contraterrorismo e Coordenação Interagências, ambos nos EUA; e o Senior Mission Leaders Course, no Egito.

 

Durante a sua carreira militar, serviu em unidades de Cavalaria, como o 10º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RC Mec), em Bela Vista (MS); o 10º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado, em Recife (PE); e o 16º RC Mec, em Bayeux (PB). Além disso, serviu no 1º Batalhão de Forças Especiais e no Comando da Brigada de Infantaria Paraquedista, ambos no Rio de Janeiro (RJ); e integrou o Grupo de Observadores das Nações Unidas na América Central (ONUCA). Foi instrutor da Seção de Instrução Especial (SIESP) da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN); e, também, o primeiro Comandante do 1º Batalhão de Ações de Comandos, em Goiânia (GO).

 

Ainda como oficial superior, exerceu as funções de: Chefe da Divisão de Operações e Divisão de Inteligência do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR), em Brasília (DF); Chefe do Serviço Militar Regional do Comando da 11ª Região Militar, em Brasília (DF); Adido Militar de Defesa e do Exército junto à Embaixada do Brasil no Reino da Espanha; Chefe da Seção de Doutrina e Assistente da 3ª Subchefia do Estado-Maior do Exército, em Brasília (DF); Oficial do Estado-Maior Conjunto do Ministério da Defesa, em Brasília (DF); e Oficial do GSI/PR, também na capital.

 

Como Oficial General, exerceu os cargos de Comandante da Brigada de Operações Especiais e do Comando de Operações Especiais, em Goiânia-GO; 1º Subchefe do Comando de Operações Terrestres (COTER), em Brasília (DF); Comandante da 10ª Região Militar, em Fortaleza (CE); Secretário-Executivo do GSI/PR, em Brasília (DF); Comandante Militar do Nordeste, em Recife (PE); e Comandante de Operações Terrestres, em Brasília (DF).

 

Dentre as condecorações nacionais com que foi agraciado, destacam-se: a Ordem do Mérito da Defesa, a Ordem do Mérito Militar; a Ordem do Mérito Naval, a Ordem do Mérito Aeronáutico, a Ordem de Rio Branco, a Ordem do Mérito Judiciário Militar, a Medalha Militar de Ouro com Passador de Platina, a Medalha da Vitória, a Medalha do Mérito Desportivo Militar, a Medalha do Pacificador, a Medalha Mérito Tamandaré, a Medalha Corpo de Tropa, a Medalha Mérito Aeroterrestre, a Medalha Marechal Osório – O Legendário, a Medalha Marechal Trompowsky, a Medalha Exército Brasileiro, a Medalha Tributo à Força Expedicionária Brasileira, o Distintivo de Comando Dourado, a Medalha da Ordem do Mérito D. Pedro II e a Medalha da Ordem do Mérito Tiradentes. Dentre as condecorações internacionais, destacam-se: a Ordem do Mérito Grã-Cruz de Mérito e a Cruz da Ordem do Mérito Militar – Distintivo Branco, ambas do Reino da Espanha; e a Medalha das Nações Unidas – ONUCA.

 

O General Freire Gomes é casado com a Sra Renata Couto Falcão Gomes. O casal possui dois filhos, Rachel e Bruno.