Missões de Paz

"United Nations Mission in Angola" - Missão das Nações Unidas em Angola


Em agosto de 2002, o Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU), estabeleceu essa Missão para substituir o Escritório de Representação da ONU em Angola (United Nations Office in Angola - UNOA). A UNMA atuou nas áreas da reestruturação das instituições governamentais, promoção de direitos humanos e assistência humanitária. No entanto, a morte de Jonas Savimbi e a assinatura de um cessar-fogo entre o Governo e a UNITA mudaram a situação no terreno e houve uma reconfiguração para atender as novas demandas do processo de paz. O Brasil manteve um coronel do Exército como representante das Nações Unidas na Comissão Militar Mista e Assessor Militar do Chefe da UNMA, juntamente com dois tenentes-coronéis, também do EB, que realizaram o trabalho de Oficiais de Ligação. A Missão foi encerrada em fevereiro de 2003.