Patronos

A mais autêntica homenagem que se pode prestar aos grandes vultos da Pátria é manter viva a lembrança de seus feitos, interpretar os acontecimentos de que participaram e recolher os dignos exemplos que nos legaram.
As magistrais lições que emanam de suas incomuns existências constituem a imortal seiva que robustece crenças, revigora forças para a travessia do presente e inspira a busca do futuro.

Patrono. {Do lat. patronu] S.m. 5. Bras. Chefe militar ou personalidade civil escolhida com figura tutelar de uma força armada, de uma arma, de uma unidade, etc., cujo nome mantém vivas tradições militares e o culto cívico dos Heróis.
Extraído do Novo Dicionário da Língua Portuguesa, Ed Nova Fronteira, 1ª Edição

patrono do exército brasileiro

Campanha contra Oribe

Campanha contra Oribe

O Brasil, obrigado pela convenção de 27 de agosto de 1828, a proteger a independência da nacionalidade oriental, via relutantemente que o ditador argentino Rosas invadira com suas forças a República do Uruguai e arvorara em seu presidente um seu alter ego. Fora o General Oribe, valente espada e homem de ação.

Já em 1850, havia 322 estâncias de brasileiros residentes no Estado Oriental embargadas, assim como aumentara o número de assassinatos de brasileiros e de invasões por bandoleiros nas regiões de fronteira com o Império.

O governo brasileiro resolve tomar providências e, em 15 de junho de 1851, o conde de Caxias é nomeado Presidente da Província do Rio Grande do Sul e, em 16 de junho, lhe é dado o cargo de Comandante-Chefe do Exército Brasileiro. Tudo isso, com a finalidade de reorganizar o Exército e preparar uma reação contra as ações que se desenvolviam na fronteira oriental.

Após realizar a reorganização do Exército, em 4 de setembro de 1851, inicia o movimento para juntar-se com as tropas de Urquiza, general argentino dissidente de Rosas. Nessa mesma data declara, em sua ordem do dia:   

" Não tendes no Estado Oriental outros inimigos senão os soldados de Don Manoel Oribe,(...) e esses mesmo enquanto illudidos empunharem armas contra os interesses da sua Pátria: desarmados ou vencidos, são americanos, são vossos irmãos e como tais os deveis tratar. A verdadeira bravura do soldado é nobre, generosa e respeitadora dos princípios de humanidade ".

A marcha dos exércitos aliados desmoronou a resistência do adversário e, três meses após assumir o cargo de Comandante do Exército, estava terminada a campanha, sem derramamento de sangue, com a capitulação de Oribe.