A Acreditação hospitalar já é uma realidade no Exército

 

O que é

A Acreditação é um método de avaliação e certificação que busca, por meio de padrões e requisitos previamente definidos, promover a qualidade e a segurança da assistência no setor de saúde.

 

No Brasil, a empresa responsável pelo desenvolvimento e pela gestão dos padrões brasileiros de qualidade e segurança em saúde é a Organização Nacional de Acreditação (ONA), que trabalha para que as instituições de saúde no Brasil adotem práticas de gestão e assistenciais que levem à melhoria do cuidado para o paciente.

 

O método de avaliação para Acreditação não tem caráter fiscalizatório e constitui, essencialmente, um programa de educação continuada das organizações prestadoras de serviços de saúde, revisto periodicamente para estimular a melhoria contínua.

 

Como foi concebido no Exército

Com base no trabalho realizado pela ONA e com a assessoria de um avaliador da Joint Comission Internacional (JCI) - empresa americana considerada líder mundial no setor de Acreditação hospitalar - o  Departamento-Geral do Pessoal (DGP) instituiu, em 2017, o Programa de Acreditação da Saúde Assistencial Militar (PASAM) no Exército Brasileiro, com o objetivo de melhorar o gerenciamento do seu Sistema de Saúde e garantir uma assistência de qualidade, segura e eficiente ao paciente em suas Organizações Militares de Saúde (OMS).

 

As peculiaridades da instituição militar e o fato de não se disputar mercado mostrou a necessidade da criação de um programa interno de Acreditação, voltado especificamente para o Sistema de Saúde do Exército Brasileiro, buscando-se a adaptação das ferramentas já existentes à realidade da caserna.

 

A Acreditação da Saúde Assistencial Militar envolve desde a governança do Sistema de Saúde do Exército, no mais alto nível, até a OMS de menor porte, devendo atingir, transversalmente, todas as Formações Sanitárias das Organizações Militares, onde também deve ser observada a Segurança do Paciente.

 

Todas as OMS serão avaliadas em um ciclo de três a quatro anos e, ao final do mesmo, receberão uma pontuação final e abrangente, indicando a situação em que se encontram. Durante o mencionado ciclo, cada OMS receberá, no mínimo, uma visita de Avaliação Diagnóstica, uma Visita de Acompanhamento e a Visita de Acreditação propriamente dita.

 

Os três principais aspectos que norteiam o processo de avaliação das OMS são: a identificação da estrutura (física e RH); a visualização de como os processos desenvolvidos interagem com a estrutura existente; e a mensuração dos resultados produzidos.

 

Equipes multidisciplinares de avaliadores, compostas por profissionais de gestão e das diversas áreas de saúde, conduzem as avaliações, cabendo destacar que todo avaliador adquiriu a qualificação necessária após passar por treinamento específico para a atividade, conduzido pelo Órgão Acreditador (OA) do Exército Brasileiro, e por cursos afins realizados na ONA.

 

Atendendo ao requisito elementar estabelecido pela doutrina que sustenta a evolução do processo de Acreditação – a Segregação – o Órgão Acreditador do Exército está diretamente vinculado à Chefia do Departamento-Geral do Pessoal, não compondo a estrutura do Sistema de Saúde do Exército.

 

Cabe salientar a excelente aceitação da ferramenta de gestão por parte dos integrantes das nossa diversas OMS, aspecto verificado durante todas as avaliações feitas e manifestado durante as interações realizadas.

 

Trabalhos realizados

 - Elaboração e revisão das ferramentas iniciais do Programa (Instrução Geral, Instrução Reguladora e Caderno de Orientação).

 

 - Formação e capacitação de 2 (duas) turmas de avaliadores, abrangendo um total de 44 militares das diversas OMS da instituição, com um estágio em condução composto por um efetivo de 40 militares.

 

- Avaliação Diagnóstica de todas as 31 OMS e Avaliação de Acompanhamento (2ª visita) em 9 (nove).

 

- Confecção e distribuição de relatórios das visitas para os hospitais avaliados e para a governança do sistema de saúde.

 

- Ligação com a Diretoria de Saúde para encaminhar a solução de problemas estruturais.

___________________________________________

PASAM - O que é Acreditação?