O Exército

Forte do Vigia - Fortaleza Duque de Caxias

O Forte Duque de Caxias é um raro patrimônio público, erguido por ordem do Marquês do Lavradio, cuja origem remonta ao ano de 1776, época em que era chamado Forte do Vigia ou da Espia, e que por não possuir artilharia, destinava-se a alertar as outras fortificações sobre a chegada de navios ao Rio de Janeiro. A denominação histórica de Forte Duque de Caxias é uma homenagem ao maior de todos os militares brasileiros, concedida em 22 de agosto de 1935, pelo Presidente Getúlio Vargas, através do Decreto n° 305.

Em 1965, ao ser extinta a 2ª Bateria de Obuses de Costa, abrigada em seu aquartelamento, o Forte Duque de Caxias cedeu parte de suas dependências à instalação do Centro de Estudos de Pessoal, um Estabelecimento de Ensino do Exército, voltado para o estudo e a pesquisa na área do comportamento humano, e que, hoje tem incorporada ao seu nome a denominação histórica de Forte Duque de Caxias, caracterizando um resgate à memória e à preservação de seus valores culturais. O vetor de preservação relaciona-se, ainda, às questões de meio ambiente, em que o CEP/FDC tem sob sua responsabilidade a Área de Proteção Ambiental do Leme, criada pelo Decreto Municipal n° 9.719, de 12 de novembro de 1990, o que agrega valor ao sítio histórico, bem como impõe condições especiais à manutenção e à atividade de visitação pública.

A visitação acontece de terça a domingo, das 08h às 16:h30hmin, com guias preparados para prestar esclarecimentos aos visitantes do sítio histórico. Durante o passeio será realizada uma caminhada ecológica em meio a Área de Preservação Ambiental do Leme. Existe, ainda, a opção de subida motorizada aos sábados, domingos e feriados com saídas às 10h, 11h30, 13h30 e 15h30.

O ingresso pode ser adquirido no local por R$ 4,00, e é gratuito para menores de 10 anos e maiores de 65 anos. Visitas agendadas para grupos de escolares podem ser feitas através do telefone 3223-5076, ou através do e-mail: divisaodoforte@gmail.com.

 

 

 

 

Fotos: Sd Caldeira